A boa palavra

Começa o 29º Festival Internacional de Poesía de Medellín

Festival de Poesia de Medellín. Foto: Rádio Caracol

De 29 a 6 de julho, a cidade colombiana ouvirá a voz de poetas de todo o mundo. A Festa, que já ganhou até o Prêmio Nobel Alternativo da Paz, é um desfile de leitura de poemas, oficinas, cursos, painéis, conferências, colóquios à disposição de todo o público.

Os organizadores dizem que se trata de edificar vozes emancipadas, como um emblema de amor à vida, num tempo áspero que exige mudanças urgentes na nossa maneira de atuar como espécie no planeta. A paz e a soberania dos povos adquirem muita significação, nos tempos sombrios que vivemos, especialmente na América Latina.

Coincidentemente, a Colômbia vive no ano de 2019, o bicentenário de sua independência. Os organizadores do Festival entendem que o evento ajuda a dar um significado de resistência e apoio à luta de verdadeira emancipação dos povos latino-americanos e, em particular, dos colombianos.

Programação extensa – Entre as 120 atividades programadas, haverá 32 atividades formativas, entre cursos, oficinas e conferências. Participarão convidados de países como Alemanha, Arábia Saudita, China, Botsuana, Bulgária, Estados Unidos. Além destes, é claro, os dos países latino-americanos. E particularmente, representantes de nações indígenas, como Maribel Curriao, do povo Mapuche, do Chile.

Clique e conheça mais convidados para o Festival de Medellín

_________________________
Guatá / Com informações de Rádio Caracol, Colômbia.

Arquivos

Categorias

Meta