A juventude digital

  –  Um texto de Maria Carolina Rocha Virgínio  –  

ciberjuvenDesde meados dos anos 90 que a juventude vive e convive com as tecnologias digitais, mostrando uma nova forma de interpretar a realidade que vive. Os jovens são seduzidos a ser cada vez mais plugados e a desafiar o mundo tradicional.
Nossa galera no mundo de hoje anda agindo de forma muito estranha, alguns são seres de um mundo virtual. E parece que não está fazendo muito bem toda essa parafernália tecnológica nas mãos e cabeças desses jovens; eles não sabem muito bem de tudo isso como deveriam.
O mundo digitalizado é muito importante, sim, mas a juventude deveria ser aconselhada a usufruir melhor deste maquinismo chamado Internet. Ela, veio para ajudar, mas exige que saibamos nos relacionar com ela.
Para que possamos viver bem – pois, afinal, esse mundo tem o seu lado bom e o seu lado ruim – nós, jovens, devemos nos conscientizar, usando-a com respon-sabilidade e cautela. Principalmente saber ouvir os conselhos dos mais velhos, pois se eles não têm familiaridade com toda essa tecnologia, em compensação, têm a maturidade necessária que vale bem mais do que um www ou um google.


Maria Carolina Rocha Virgínio é estudante de Geografia na Unila, em Foz do Iguaçu, Pr.
 

Arquivos

Categorias

Meta