Bolsa Família é cidadania?

  –  O programa de transferência de renda do governo federal
é tema de discussão sobre Ética e Filosofia Política na Unila  –

bolsa familia capaO debate sobre ética e filosofia política tem um espaço aberto para a participação de toda a comunidade, por meio de um projeto de extensão que realiza encontros em um sábado de cada mês, na UNILA – Jardim Universitário (sala 207), das 10h às 12h. Trata-se do “Grupo de Estudos NEÉFIPO (Núcleo de Estudos em Ética e Filosofia Política)”, que aborda, ainda, a discussão acerca de temas tradicionais da história da filosofia e, especialmente, problemáticas atuais do pensamento ético e político. O próximo encontro acontece no dia 20 de agosto, com o debate sobre a pesquisa “Vozes do Bolsa Família: autonomia, dinheiro e cidadania”, da socióloga Walquíria Leão Rego e do filósofo Alessandro Pinzani.
A obra é resultado de um estudo dos autores sobre o programa de transferência de renda Bolsa Família, com foco, sobretudo, nas implicações morais e políticas para os beneficiados do Programa. “A obra tem uma abordagem interdisciplinar e trata de um tema extremamente atual e que envolve aspectos éticos e políticos. Ademais, é um tema que diz respeito e/ou interessa não só ao mundo acadêmico, mas à sociedade como um todo”, contextualiza a professora de Filosofia da UNILA e coordenadora do projeto, Idete Teles dos Santos.
Além de promover o debate acadêmico-científico sobre temas relevantes da ética e da filosofia política, os encontros visam fomentar a interdisciplinaridade e servir como ferramenta para a produção bibliográfica acerca dos temas discutidos pelo Grupo NEÉFIPO. Os encontros também buscam possibilitar um espaço de discussão integrado pela sociedade em geral – com a presença das comunidades acadêmica e não acadêmica -, com debates sobre assuntos e problemas que fazem parte da vida do ser humano.
“A filosofia tem por função colocar-se como questionadora, fomentadora e socializadora de temas que permeiam nossas relações humanas. Ações éticas e/ou políticas não estão restritas a determinadas pessoas ou grupos sociais, mas fazem parte de todo ser humano que vive em sociedade. Sendo assim, pensar ou repensar a ética e a política configura-se como uma necessidade e, de certa forma, uma obrigação da filosofia, ao menos na concepção da filosofia que visa contribuir para a crítica do mundo, do homem e de si própria”, coloca a docente.
Confira a programação dos encontros do Grupo de Estudos NEÉFIPO, neste semestre:
> 20/08 – Introdução à obra “Vozes do Bolsa Família: autonomia, dinheiro e cidadania” – Walquíria Leão Rego / Alessandro Pinzani
> 24/09 – Capítulo 1: Ouvir a voz dos pobres/ Capítulo 2: Bases teóricas da pesquisa
> 15/10 – Capítulo 3: As entrevistas / Capitulo 4: Pobreza – Um conceito pluridimensional
> 19/11 – Capítulo 5: Dinheiro e autonomia
> 03/12 – Considerações finais e escolha de nova bibliografia para estudo futuro.
Local: UNILA – Jardim Universitário (sala 207) – Av. Tarquínio Joslin dos Santos, 1000
Horário: das 10h às 12h
Aberto a toda comunidade interessada em debater o tema.
NEÉFIPO – O Núcleo de Estudos em Ética e Filosofia Política (NEÉFIPO) foi criado em 2015, por um grupo de oito pesquisadores da UNILA, com o objetivo de contribuir para a análise e o aprofundamento de questões sobre ética e filosofia política. Além disso, o Núcleo tem a proposta de criar um espaço de estudo que possa abranger ações no que tange à pesquisa, com desdobramentos no ensino e na extensão.
O Núcleo possui três linhas de pesquisa: “Fundamentação e teorias da ação moral”, com estudos sobre teorias e teóricos clássicos da história da filosofia moral, além de problemáticas do campo ético atual, tal como a bioética; “Filosofia Política: fundamentação e teorias”, com estudos a partir das questões clássicas problematizadas e fundamentadas pela filosofia política; e “Ética e Política na/da fronteira”, que realiza pesquisas acerca de temas e problemas éticos e políticos, a partir de questões próprias e pertinentes ao âmbito da América Latina.
O NEÉFIPO está certificado pela UNILA no Diretório dos Grupos de Pesquisa do Brasil – CNPq, disponível para visualização neste endereço.


Assessoria Unila