Buena Onda

  –  Cascavel realiza 1º Festival de Teatro Infantil. Dez peças teatrais serão apresentadas em diferentes espaços públicos na cidade  –  


O 1º Festival de Teatro Infantil de Cascavel, Festin, divulgou a programação completa de espetáculos que vão compor o evento. Dez companhias de diversas cidades do Paraná vão se apresentar em espaços públicos, entre os dias 25 e 30 de abril.
Os ambientes escolhidos para a apresentação das peças teatrais, de forma gratuita, são: Biblioteca Municipal, Lago Municipal, Teatro Municipal, Centro Cultural Gilberto Mayer, Praça Wilson Jofre, Avenida Brasil em frente à Catedral e Parque Tarquínio. Programe-se para levar a criançada para aprender e se divertir.
PROGRAMAÇÃO:
“Maria de uma rima só”, Coletivo Joaquina, de Curitiba
O espetáculo Infantil “Maria de uma rima só” conta a história de Maria, uma menina que está sempre atrasada e nunca consegue pegar o trem. Enquanto aguarda na estação, com sua mala de viagem, Maria conta outras histórias, navegando pela cultura popular, lendas e jogos infantis. O espetáculo também traz elementos da dança e malabares, tendo como inspiração o jogo das Cinco Marias. A atriz Herica Veryano interpreta Maria, que tira da mala suas histórias, sentindo, vivendo, dançando! Enquanto isso, Guilherme Lamas toca o que pulsa em Maria.
Onde e quando assistir?
Dias 25 e 26 de abril às 19h, no Teatro Municipal de Cascavel.
 
“O pequeno príncipe”, Grupo de Teatro Máscaras, de Cascavel
Um piloto cai com seu avião no deserto e ali encontra uma criança loura e frágil. Ela diz ter vindo de um pequeno planeta distante. E ali, na convivência com o piloto perdido, os dois repensam os seus valores e encontram o sentido da vida. Essa história mágica, sensível, comovente, às vezes triste, e só aparentemente infantil, foi adaptada da história do escritor francês Antoine de Saint-Exupéry.
Onde e quando assistir?
Dia 27 de abril às 14h30, no Centro Cultural Gilberto Mayer;
Dia 28 de abril às 10h, no Centro Cultural Gilberto Mayer.
 
“O Padeiro e o Diabo”, Cia de Teatro de Bonecos La Polilla, de Paranaguá
A peça “O Padeiro e o Diabo” foi idealizada a pedido do coletivo de bonequeiros Anaracos, do Peru, pelos 100 anos do dramaturgo argentino Javier Villafañe. O público aprovou e a técnica foi sendo aprimorada. A história é simples: o diabo quer roubar o pão do padeiro! Mas a dramaturgia é cheia de ações típicas de bonecos populares, com um só ator manipulando vários bonecos e música ao vivo.
Onde e quando assistir?
Dia 26 de abril às 10h em frente à Catedral;
Dia 27 de abril às 16h na Praça Wilson Jofre.
 
“Números”, Cia Os Palhaços de Rua, de Londrina
É um espetáculo de linguagem universal, com poucas palavras, muita música, e baseado na comédia física. Os palhaços Batata Doce e Turino buscam a relação com o público por meio do simples, do ato autêntico e sincero que é o riso.
Onde e quando assistir?
Dia 29 de abril às 10h em frente à Catedral;
Dia 30 de abril às 14h30 no Lago Municipal.
 
“Pela estrada afora”, Cia de Teatro Eskéte, de Cruzeiro do Oeste
Faz referência à história clássica de Chapeuzinho Vermelho que ganha novas versões e cores. É uma junção de vários desfechos que surpreendem pela originalidade e criatividade, envolvendo a plateia, deixando-a perplexa com tantas formas diferentes de se contar a mesma história.
Onde e quando assistir?
Dias 27 e 28 de abril às 19h no Teatro Municipal de Cascavel.
 
“Urashima e outras histórias”, Colorin Colorado Produções Artísticas, de Curitiba
Inspirada pelo livro “Volta ao mundo em 52 histórias”, “Urashima e outras histórias” reúne os mais variados elementos do teatro. A atriz Ailén Roberto preparou um espetáculo que vai ser apresentado pela primeira vez num formato diferente. “Urashima e outras histórias” é a junção de uma lenda japonesa já interpretada por ela várias vezes com outras histórias ainda inéditas.
Onde e quando assistir?
Dia 27 de abril às 10h na Biblioteca Municipal
Dia 28 de abril às 14h30 na Praça Wilson Jofre
 
“Que festa é essa, criatura?”, Palhaça Incrível Teimosa, de Londrina
A Palhaça Incrível Teimosa foi contratada pela mulher mais rica da cidade, a Senhora D, para animar uma grande festa repleta de mágica, malabarismo, música e muita diversão. Mas, tudo aquilo que era para ser ordenado e bem acabado, se transforma mesmo numa enorme e divertida confusão!
Onde e quando assistir?
Dia 29 de abril às 14h30 em frente à Catedral;
Dia 30 de abril às 16h no Parque Tarquínio.
 
“Antenor e o boizinho voador”, João Andirá, de Lapa
É a aventura do pequeno Antenor que parte em busca do sonho de voar com seu amigo boizinho Surubim conquistando espaços e estrelas, enfrentando perigos e encontrando personagens deste mundo fantástico! O sonho continua no amanhã, e na alegria de perceber-se criança que brinca e que constrói seu próprio universo.
Onde e quando assistir?
Dia 29 de abril às 16h no Lago Municipal;
Dia 30 de abril às 11h na Praça Wilson Jofre.
 
“Bang-bang”, Cia de Teatro Matelândia em cena, de Matelândia (espetáculo extra)
No musical “Bang-bang”, o bandido malvado e sórdido e o herói nobre e puro concorrem pelo amor virginal da mocinha. Inevitavelmente, um duelo à moda antiga se encaminha, onde a intervenção da mocinha será providencial para a vitória do seu amado.
Onde e quando assistir?
Dia 26 de abril às 14h30 no Centro Cultural Gilberto Mayer.
 
“A maré de Maria” (dança/teatro), Bailarina Eunice Olivera, de Curitiba (espetáculo convidado)
Maria é uma menina que gosta do mar e costuma navegar na sua imaginação com seu barquinho de papel. Certo dia, ao brincar na beira da água, algo mágico acontece e Maria pode entrar e nadar como se aquele fosse seu mundo, porém, ela precisa voltar para a terra, mas parte levando a certeza da saudade.
Onde e quando assistir?
Dia 30 de abril às 19h no Teatro Municipal de Cascavel (encerramento oficial).
(Assessoria)

Arquivos

Categorias

Meta