Canção Camomila

Um poema de Mishta e Manatit

Não me diga como cansa
Olhar pro outro com desconfiança
Respire um pouco reflita
As possibilidades são infinitas
Beba um chá de camomila
Suaviza a retina
Veja que a vida brinda
Suave brisa na neblina
Vem a chuva e te avisa
O futuro é na esquina
O espaço é curvo a terra gira

_____________________________
Mishta e Manatit são brincantes do Coletivo EcoaEcoa,
uma plataforma de criação compartilhada onde a Arte

é vinculada à dimensão ecosófica das três ecologias: pessoal, social e ambiental.

Arquivos

Categorias

Meta