Casos de covid-19 entre indígenas chegam a 44.680, diz Apib

Segundo Articulação dos Povos Indígenas, pandemia já atinge 161 povos

 

Governo ainda não conseguiu apresentar plano concreto para proteger indígenas durante a pandemia – Altemar Alcantara / Semcom.

 

O total de casos confirmados entre indígenas chegou a 44.680, de acordo com balanço feito pela Articulação dos Povos Indígenas do Brasil (Apib). A entidade contabiliza, ainda, 915 mortes decorrentes da doença, que já atinge 161 povos indígenas.

Pela contagem oficial, do governo federal, foram confirmadas 38.783 infecções de Sars-CoV-2, entre indígenas. O número de recuperados chegou a 34.066, conforme dados do Boletim Epidemiológico, divulgado no dia 08 de janeiro, pela Secretaria Especial de Saúde Indígena (Sesai). O número de óbitos decorrentes da doença também é menor do que o apresentado pelas organizações indígenas. De acordo com a Secretaria Especial de Saúde Indígena, do Ministério da Saúde, são 518.

A diferença entre os índices se dá em razão dos critérios adotados pelo governo federal, que não considera os casos registrados entre indígenas não aldeados, que vivem em zona urbana. A Apib diverge do método desde o início da pandemia de covid-19, declarada oficialmente em 11 de março de 2020, pela Organização Mundial da Saúde (OMS).

Agência Brasil – São Paulo – Por Letycia Bond
Observação: Publicado em 11/01/2021 – 13:01  – Atualizado em 11/01/2021 – 16:50

Arquivos

Categorias

Meta