logo-guata-site

AUE LITERÁRIO
REVISTA ESCRITA
SORTEIE UM HAIKAI
DE LÁ & DE CÁ

Epidemia de Poesia

Epidemia de Poesia

Passos

Um poema de Angélica Pereira   Imediatos, presentes, agoras precisos. Descompassos dos tempos. Instante, disritmia, desalinhada. Um baile com futuro, presente e passado. Harmonia

Leia mais »
Epidemia de Poesia

E as pessoas pararam

Um poema de Adna Rahmeier E as pessoas pararam Ninguém podia se tocar E através do olhar E das palavras Finalmente, eles descobriram Um

Leia mais »
Epidemia de Poesia

Prosa poética

Um texto e uma fotografia de Patricia Liliana Iunovich Onde encontrar nossas raízes, quando, na verdade, tudo o que você tem são apenas folhas

Leia mais »
Agenda

Desnudar-se

Um poema de Mayara Brecher *   De tanto desnudar-me, Não de corpo, – pois desse já nasci – E querer morrer em pele

Leia mais »
Agenda

Miradas de hielo

Um poema de Daniele Stillitani Lentamente se mueren, en la calle indigentes! Escoria humana dice el diario El hambre los baña, los llena por

Leia mais »
Agenda

Ou isto ou aquilo

Um poema de Cecília Meireles Ou se tem chuva e não se tem sol, ou se tem sol e não se tem chuva! Ou

Leia mais »
Agenda

Agosto 1964

Um poema de Ferreira Gullar. Uma ilustração de Juarez Machado Entre lojas de flores e de sapatos, bares, mercados, butiques, viajo num ônibus Estrada

Leia mais »
Agenda

Podes?

Um poema de Nicolás Guillén (bilingue) ¿Puedes? – Nicolás Guillén ¿Puedes venderme el aire que pasa entre tus dedos y te golpea la cara

Leia mais »