Ciência em cabeça nova

  –  SBPC Jovem recebe propostas de instituições para apresentação de pesquisas e experiências; evento será sediado na UFMG, em julho  –

 

Crianças são apresentadas a experiência científica durante a 68ª Reunião da SBPC, em Porto Seguro, no ano passado. (Foto: Jardel Rodrigues / SBPC)

A SBPC Jovem 2017, evento destinado a estudantes do ensino básico, que será realizado simultaneamente à 69ª Reunião da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência – de 16 a 22 de julho, no campus Pampulha da UFMG –, já recebe propostas de instituições para apresentação de pesquisas.
O objetivo da SBPC Jovem é promover o contato de crianças e jovens com o conhecimento científico e os pesquisadores, para despertar interesse pela ciência, tecnologia e inovação.
A chamada é dirigida a universidades federais e estaduais, institutos de fundações de apoio à pesquisa, sociedades do setor, secretarias de educação, entre outras instituições.
Despesas com deslocamento, hospedagem e alimentação, entre outras, deverão ser custeadas pelas instituições que tiverem suas propostas selecionadas. As propostas devem ser inscritas até 3 de março, por meio de formulário específico, e esclarecimentos podem ser solicitados pelo e-mail sbpcjovem@ufmg.br.
Tenda e formatos diversos
As atividades serão desenvolvidas simultaneamente numa tenda. As apresentações poderão ser feitas na forma de exposições, mostra de trabalhos e experimentos, rodas de conversa, oficinas, exibição de vídeos. Haverá ainda lançamento de livros e atividades culturais diversas.
No sábado 22, último dia do evento, será promovido o Dia da Família na Ciência, que terá programação para familiares dos estudantes e para a comunidade em geral. O objetivo é mostrar que a ciência faz parte do cotidiano, estimulando a formação da cultura científica.
De acordo com a pró-reitora de Extensão da UFMG, Benigna Oliveira, alguns dos núcleos de pesquisa e extensão da Universidade que promovem a divulgação científica e que desenvolvem projetos destinados ao público da educação básica, como o Museu Itinerante Ponto UFMG, participam tradicionalmente da SBPC Jovem. “Mas consideramos que essa é uma ótima oportunidade para integração de outros projetos da UFMG. Essa participação fortalece os grupos, confere maior visibilidade a suas ações e amplia parcerias com a educação básica”, afirma a pró-reitora.

____
Com assessoria

 

Arquivos

Categorias

Meta