Curta de animação conta vida e obra de Violeta Parra

Cena de “Cantar con Sentido”, de Leonardo Beltrán. Em stop motion de 22 minutos.

 

Compositora e recopiladora folclórica, artista plástica e poeta, a chilena Violeta Parra é uma das figuras centrais da arte de seu país. Ela continua a inspirar artistas do Chile e do mundo. No cinema, o diretor Leonardo Beltrán fez o premiado “Cantar con sentido”, como se pode ver no comentário feito em “Elige Cultura“. A página cultural chilena reproduz o link do filme, diretamente do catálogo Ondamedia, que trata da produção cinematográfica chilena.

“Do campo profundo e carente, até a Europa antiga e distante, lutando sempre adiante, incluso a sua despedida galopante, Violeta Parra exibe suas artes,
com sua desventuras mediante”, diz a sinopse do filme, que foi agraciado com o Prêmio Pedro Sienna de melhor curta de animação chilena, em 2017. A obra de Leonardo Beltrán também ganhou prêmios internacionais, como o “Quirino” 2018, na Espanha, de melhor animação iberoamericana, e o Prêmio Cibervoto da Fundação do Novo Cinema Latino Americano
, no Festival de Havana, Cuba, em 2018.

O roteiro de “Cantar con Sentido” trata de questões importantes na constituição de Violeta como pessoa e como artista. A biografia, feita em stop motion, também mostra a importância da protagonista no resgate do folclore do Chile.

Sobre Ondamedia

Ondamedia é uma plataforma digital de conteúdos audiovisuais, desenvolvida pelo Ministério das Culturas, Artes e Patrimônio do Chile. Oferece e recebe conteúdos de diversas áreas da criação artística e cultural.

Fonte: Elige Cultura