Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on email
Email
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on print
Print

Da Caaauuuuuuusalidade, poema de Andrea Palmar

Da série “Poesias pra você”

Da Caaauuuuuuusalidade

a lua pálida de outrora
teceu um fino escarlata
de suave seda evolvente
dum vermelho rutilante

a loba de passos ritmados
os olhos, vermelho escarlate
a que uiiiiiiivaaaaa e não late
emitiu um sonido enamorado

insones, evoluíram simultaneamente
em direção ao penetrável bosque
a matiz solferino cruzou na mente
a conversa fluiu poeticamente

 

Andrea Palmar escreve em Assunção, Paraguai.

Arquivos

Categorias

Meta