Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on email
Email
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on print
Print

Diante de alta de casos da COVID-19, entidades estudantis pedem novo adiamento do Enem

Da página SputnikNews

Devido à alta de casos do coronavírus no Brasil, entidades estudantis pediram um novo adiamento do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), marcado para 17 e 24 de janeiro.

O Ministério da Educação (MEC), por sua vez, diz que a data da prova será mantida. Segundo a pasta, os protocolos de saúde que serão adotados nos dias do exame garantirão a segurança dos estudantes.

Em ação conjunta, a UNE (União Nacional dos Estudantes) e a Ubes (União Brasileira dos Estudantes Secundaristas) pediram o adiamento do Enem. As entidades afirmam que o Ministério da Educação não divulgou medidas eficazes para garantir a segurança sanitária dos candidatos.

Além disso, argumentam que a prova vai aumentar a transmissão do coronavírus. O Enem 2020 (a prova não foi realizada no ano passado devido à pandemia) tem seis milhões de inscritos.

A UNE e a Ubes também cogitam entrar na Justiça, por meio de um mandado de segurança, para impedir a realização da prova. O MEC, por sua vez, afirma que o Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais), órgão responsável pela prova, estabeleceu regras para “reduzir aglomerações” nos locais de aplicação do exame e adotou medidas preventivas contra a COVID-19, segundo publicado pelo jornal Folha de S.Paulo.

“Os números de contaminações e mortes por Covid-19 voltaram a crescer exponencialmente recentemente, o que ocasionou por sua vez o endurecimento em restrições de contato social em diversos estados”, diz nota das entidades. “Em um claro posicionamento pela segurança e em defesa da vida, acreditamos ser inevitável um novo adiamento do Enem”, acrescenta o comunicado.

Em consulta pública realizada pelo MEC, os estudantes apontaram preferência pelo mês de maio para realização da prova. Marcado originalmente para novembro de 2021, o Enem foi adiado após pressão da sociedade e de parlamentares.

Leia também:
https://guata.com.br/inep-divulga-cartao-de-confirmacao-com-local-de-prova-do-enem-2020/

Arquivos

Categorias

Meta