Eco Poema

  –  Leminski retorna a Foz do Iguaçu. A origem polonesa do poeta paranaense é o tema de uma das exposições programadas para março no Ecomuseu de Itaipu. Uma outra, transita pela vida e obra de Alice Ruiz  –

Exposição “Múltiplo Leminski”, em 2013, foi vista por mais de 130 mil pessoas. (Arquivo JIE)

O Ecomuseu abre no próximo dia 8 de março, às 19 horas, duas novas exposições. “Meu Coração de Polaco Voltou” marca o retorno de Paulo Leminski ao museu, quase quatro anos após “Múltiplo Leminski”, que recebeu cerca de 130 mil visitantes, um recorde para o espaço cultural mantido pela Itaipu Binacional em Foz do Iguaçu. Paralelamente, “Poeta Alice” mostra a produção poética e musical de Alice Ruiz, que foi casada com Leminski. As duas mostras permanecerão até 30 de setembro de 2017.
“Meu Coração de Polaco Voltou” é uma exposição que revela as origens e as influências polonesas na obra de Paulo Leminski. Os assuntos são divididos por temas e a mostra é composta por painéis, com cerca de 40 peças originais: fotos do acervo particular, livros e documentos do artista.
Também será exibido o documentário “Vida e Sangue de Polaco” do premiado diretor Sylvio Back, no qual Paulo Leminski faz um depoimento sobre sua descendência polonesa. A exposição foi aberta ao público pela primeira vez em Curitiba, na Casa de Cultura Polônia Brasil, em 2015.
“Poeta Alice” apresenta a trajetória de vida e a produção poética e musical da artista curitibana até os dias de hoje. Entre os cerca de 200 itens que compõem as ambientações e abordam diferentes aspectos da obra estão: fotos, vídeos, quadros, prêmios, livros e documentos originais distribuídos em espaços que traduzem a personalidade e o universo da artista.
Leminski – Paulo Leminski Filho nasceu em Curitiba (PR) em 1944 e faleceu em junho de 1989. Neto de colonos poloneses, tinha ascendência negra por parte da mãe. Sua curiosidade o levou a buscar os mais diferentes tipos de informação, desde a infância, e o aproximando de inusitados grupos sociais. Entre suas atividades, foi poeta, biografista, professor, judoca, letrista, publicitário e tradutor. Sua produção contempla as décadas de 1960, 1970 e 1980, períodos de grandes mudanças no país.
Alice Ruiz. (Arquivo Pessoal)

Alice Ruiz – Alice Ruiz é uma poetisa e tradutora brasileira. Começou a escrever na adolescência, mas durante muitos anos divulgou seus poemas apenas em revistas e jornais. Publicou seu primeiro livro aos 34 anos de idade.
Poeta e haikaista, Alice Ruiz nasceu em Curitiba, PR, em 22 de janeiro de 1946. Começou a escrever contos com 9 anos de idade, e versos aos 16. Aos 26 anos publicou pela primeira vez seus poemas em revistas e jornais culturais. Lançou seu primeiro livro aos 34 anos. Alice publicou, até agora, 21 livros, entre poesia, traduções e uma história infantil.
Também é letrista, com parcerias importantes na música popular brasileira. Clique aqui para visitar a página oficial de Alice Ruiz.
Serviço:
Exposições “Meu Coração de Polaco Voltou”, de Paulo Leminski, e “Poeta Alice”, de Alice Ruiz.
De 8 de março a 30 de setembro de 2017.
Ecomuseu da Itaipu.
O Ecomuseu está aberto de terça-feira a domingo, das 8h às 17h. Ingresso: R$ 12,00 (moradores dos municípios lindeiros ao lago de Itaipu não pagam entrada). Mais informações: www.turismoitaipu.com.br
________________
Guatá / Com JIE/assessoria

Arquivos

Categorias

Meta