Educação Ambiental

  –  Ações da Itaipu são destaque no Fórum Brasileiro de educação socioambiental  –

Participantes de coletivos educacionais, além de estudantes e professores da Unioeste, Unila, IFPR e UFPR representaram a discussão e o trabalho desenvolvido na região do lago de Itaipu

 
As políticas de sustentabilidade de Itaipu foram apresentadas durante a mesa de discussões Políticas de Educação Ambiental e a Responsabilidade Socioambiental das Empresas e Trabalhadores, no Fórum Brasileiro de Educação Ambiental, realizado nos dias 17 a 20 de setembro, em Balneário Camboriú (SC). Um grupo de 55 educadores participou do evento representando a educação ambiental da Bacia Hidrográfica do Paraná 3 (BP3).
 
Além da binacional, participaram da mesa representantes da Federação das Cooperativas Agropecuárias do Estado de Santa Catarina (Fecoagro), União Geral dos Trabalhadores (UGT), Associação dos Agricultores Ecológicos das Encostas da Serra Geral (Agreco) e da Assembleia Legislativa do Estado de Santa Catarina (Alesc).
 
Com o tema Uma releitura crítica das políticas da educação ambiental brasileira: Repercussões da Política (Pnea) e Programa Nacional de Educação Ambiental (Pronea), a nona edição do Fórum discutiu o fortalecimento da diversidade da educação ambiental brasileira, por meio da defesa dos direitos e conquistas alcançados através das políticas públicas no campo socioambiental.
Leila Alberton, gerente da Divisão Ambiental da Itaipu, apresentou o Programa de Educação Ambiental e a Política de Sustentabilidade da usina. (Fotos: JIE)

Para a gerente da Divisão Ambiental, Leila Alberton (MAPE.CD), “o encontro foi uma grande oportunidade de socializar conhecimentos e aprendizados para todos os participantes”. Durante o Fórum, 21 trabalhos desenvolvidos na BP3 foram apresentados. Muitos são resultados de ações que acontecem em parceria com a hidrelétrica e o Conselho de Desenvolvimento dos Municípios Lindeiros ao Lago de Itaipu.
 
A usina também esteve em destaque na mesa Políticas de Formação em Educação, na qual Leila representou o Programa de Educação Ambiental da binacional e debateu o tema com participantes da Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (UFRRJ), Universidade de Brasília (UnB), Universidade Federal do Espírito Santo (Ufes) e da Gerência de Educação de Santa Catarina (Gered-SC).
____________________________
Fonte: JIE

Arquivos

Categorias

Meta