Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on email
Email
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on print
Print

Faça uma viagem sonora nas paisagens de Tarsila do Amaral

Com o objetivo de estimular as crianças a perceber e reconhecer os sons nos diferentes ambientes em que vivem e compreender melhor o conceito de paisagens sonoras, o Canal do Youtube “Viagem pelo mundo da Música” convida para uma viagem pelas paisagens de vários artistas que universalizaram a pintura. Nomes como os de Matisse, Portinari e Van Gogh estão na coleção. Aqui, destacamos o vídeo dedicado á pintora brasileira Tarsila Amaral. O audiovisual se baseia nos possíveis sons que teriam, a  partir de Tarsila, a cidade, o campo, a fazenda, o brejo, o cais, a noite.

 

Paisagem Sonora

Educadores musicais aprenderam sobre o conceito de “paisagem sonora” com os trabalhos do professor canadense Murray Schaffer. Em sua pesquisa, ele se dedicou a perceber sons de diferentes ambientes e usar estratégias para sensibilizar os ouvidos dos alunos, como caminhar em uma floresta com os olhos vendados.

Diferentes nacionalidades e culturas apresentam diferentes paisagens sonoras. As paisagens sonoras em nossas vidas nos dão uma sensação de pertencimento e nos tornamos parte do meio ambiente. Músicos contemporâneos como Hermeto Pascoal e John Cage se inspiram nessas diferentes paisagens e criam em suas obras sons que não são produzidos só por instrumentos convencionais.

 

Tarsila do Amaral

Tarsila do Amaral nasceu em Capivari, interior de São Paulo, em 1º de setembro de 1886. É filha de família abastada, passou a infância e a adolescência em sua cidade natal com os pais e sete irmãos, sendo de família do avô. Herdado da fazenda, José Estanislau do Amaral, conhecido como o “Milionário”, mora em São Paulo, onde estudou no Colégio de Freiras e no Colégio Sion. Posteriormente, ele se mudou para Barcelona, ​​Espanha, para completar seus estudos. Tarsila tinha apenas 16 anos e pintou seu primeiro quadro. De volta ao Brasil, casou-se com André Teixeira Pinto e teve com ele uma filha Dulce. Em 1920, divorciou-se e foi para Paris, França, onde estudou arte na escola de pintura e escultura da Academia Julian.De volta à China, conhece o escritor modernista Oswald de Andrade (Oswald de Andrade), e o relacionamento com ele se inicia de 1926 a 1930. Em 1965, ela foi submetida a uma cirurgia na coluna, mas devido a erros médicos, ela ficou paralisada. No ano seguinte, sua filha Dulce morreu. Tarsila tinha 86 anos e faleceu em São Paulo em 17 de janeiro de 1973.

Fonte: ClikMuseus

 

 

Arquivos

Categorias

Meta