Fat Underground

  –  Curta dos anos 70 é atração da Calourada da Unila, nesta quarta, 7 de março  –


Nesta quarta, dia 7, a partir das 15h, a Calourada da Unila oferece uma programação intitulada “Despatogilização do Corpo Gordo”, que inclui a projeção do documentário “Fat Underground”. Após a exibição do curta haverá um debate com a participação de Chichi Luna Montalbetti, mestranda em Integração Contemporânea da América Latina e graduada em Ciência Política e Sociologia. Montalbetti é autora de um trabalho acadêmico intitulado “Cuerpas Gorda”. O evento que é aberto à participação de acadêmicos e não acadêmicos, gratuitamente.
O curta norte-americano foi realizado em 1975, por Shirl Buss. Em 1979, a produção ganhou uma releitura de Marge Dean. Com de 35 minutos de duração, registra depoimentos sobre preconceitos e opressão a partir de questões de gênero, sexismo e  padrões estéticos. O título Fat Underground é referência ao grupo de ativistas lésbicas feministas radicais e gordas que durante a década de 70, em um contexto de ebulição da contracultura, marcou em certo sentido o que agora se reconhece como um começo histórico para os escritos de ativismo gordo como um movimento social.
“Cada vez que a sociedade lê meu corpo gordo me faz saber que eu sou defeituosa. A sociedade reconhece meu corpo como um espaço de carne indisciplinada e desejos inimagináveis” (Samantha Murray)
“Depois de mais de 40 anos após a filmagem, compartilhamos essa peça documental recuperada em 2010”, explica a Bia Varanis, que coordena o evento. Bia é estudante do curso de História da América Latina e criadora da página virtual “As Mina na História”.
Recentemente, a obra cinematográfica foi traduzida e subtitulada em espanhol, pelo argentino Nicolás Cuello. Agora recebeu uma adaptação para o português pela própria Bia Varanis.
_________________________________
Guatá/Fontes: Obesity, Pagina12
 
 
 

Arquivos

Categorias

Meta