Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on email
Email
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on print
Print

Fronteiras interculturais

  –  Congresso sobre interculturalidade e Seminário de Bilinguismo recebem trabalhos até 17 de agosto  –


.
Estão abertas as inscrições para o 2º Congresso Internacional América Latina e Interculturalidade e o 2º Seminário de Bilinguismo, eventos que serão realizados na UNILA, entre os dias 7 e 9 de novembro. O prazo para submissão de resumos foi prorrogado até o dia 17 de agosto, e os interessados podem enviar os trabalhos em português, espanhol ou guarani.
.
Os eventos estão sendo organizados pelos grupos de pesquisa Construções Socioculturais da Tríplice Fronteira; e Linguagem, Política e Cidadania; além do curso de Letras – Português e Espanhol como Línguas Estrangeiras. Esta edição traz como tema as “Fronteiras interculturais do saber e do conhecer”.
.
As iniciativas têm como um dos objetivos promover a interlocução, informação e formação de pesquisadores e educadores interessados na transversalidade dos temas nas ciências humanas, linguagens e educação, no contexto de interdisciplinaridade, integração e diversidade cultural e linguística. Serão abordadas questões relacionadas à pedagogia intercultural e às mediações culturais, nos processos de construção de alteridade e de ensino-aprendizagem, a partir de um viés discursivo em ambientes vistos como fronteiriços.
.
Programação  – Os eventos terão debates em seis eixos temáticos: territórios e cenários translíngues; mediação cultural: práticas e reflexões; interseccionalidades: gênero e etnia na América Latina; translinguagem na América Latina; políticas de linguagem; e práticas interculturais e ensino de línguas adicionais.
.
A abertura será com Maria Manuela Guilherme, pesquisadora do Centro de Estudos Sociais da Universidade de Coimbra (Portugal), onde integra o Núcleo de Democracia, Cidadania e Direito. A docente desenvolve pesquisas em áreas como comunicação e educação intercultural, teoria e pedagogia crítica, políticas linguísticas e educação para a cidadania global.
.
Também marcam presença nos eventos a docente da Universidad Nacional del Noroeste (Argentina) Carolina Gandulfo, cujos estudos focam em temas como línguas indígenas e bilinguismo; e a professora associada da Universidade Federal de Santa Maria (RS) e coordenadora do Laboratório Entrelínguas, Eliana Sturza, com pesquisas em temas como política linguística, estudos enunciativos, línguas em contato e educação em áreas de fronteira.
.
Clique aqui para mais informações sobre inscrições, submissão de resumos e programação.

_____________________
Fonte: Unila

Arquivos

Categorias

Meta