Futebol em Leminski

  –  Três poemas de Leminski e a paixão nacional  –


I

manchete
CHUTES DE POETA
NÃO LEVAM PERIGO À META

.
II
quero a vitória
do time de várzea
valente
covarde
a derrota
do campeão
5 X 0
em seu próprio chão
circo
dentro
do pão
.
III
um bom poema
leva anos cinco jogando bola,
mais cinco estudando sânscrito,
seis carregando pedra,
nove namorando a vizinha,
sete levando porrada,
quatro andando sozinho,
três mudando de cidade,
dez trocando de assunto,
uma eternidade, eu e você,
caminhando junto
__________________________________
Paulo Leminski, poeta brasileiro (1944-1989)