Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on email
Email
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on print
Print

Gosto de gente, poema de Adna Rahmeier

Poema reproduzido da rede social da autora

Gosto de gente
Como a gente
Transparente
Que sorri com os olhos
E chora com os dentes
Gente experiente
Que não perde tempo
Com o que não se é
Gente malemolente
Leve
Que faz da humanidade
Seu mais extenso expediente.
.
Leia mais um poema da autora: https://guata.com.br/perda-um-poema-de-adna-rahmeier/
.
Adna Rahmeier  é psicóloga, artesã e poeta em Foz do Iguaçu, Pr.

Arquivos

Categorias

Meta