Grupo de Música Antiga da USP fecha o ano do Sesc, on-line

Nesta quarta-feira (30), às 19 horas, o conjunto se apresenta nos canais do Sesc. Onze músicos tocam obras barrocas em instrumentos de época

 

No ar há oito meses, a série Música #EmCasaComSesc traz amanhã um concerto especial inédito. Na última quarta-feira do ano tem o Conjunto de Música Antiga da USP em um repertório de festejo à paz e confraternização entre os povos. Ao som de réplicas de instrumentos de época, como flauta barroca, violinos com cordas de tripa animal, cravo e teorba, os 11 músicos interpretam obras do compositor barroco Georg Philipp Telemann (1681 – 1767) e a suíte das Nações, que reúne danças em estilos de diversas nacionalidades, como italiana, francesa e portuguesa. O concerto inédito foi gravado no Sesc Pinheiros especialmente para o #EmCasaComSesc.

De forma gratuita, on-line, você pode assistir o  concerto do Conjunto de Música Antiga da USP, gravado no Sesc Pinheiros, sem a presença do público e seguindo as medidas sanitárias do momento. O evento encerra a programação de 2020 da série Sesc Ao Vivo. Para assistir, basta acessar o canal do Sesc no Youtube  mesmo após a data inicial de apresentalão. Após serem realizadas, as lives ficam disponíveis no canal.

Na apresentação o Conjunto de Música Antiga da USP traz Mônica Lucas (flauta doce), Marcus Held (violino), Paula Souza Lima (violino), Manoela Bonina (violino), Heitor Salesse (violino), William Coelho (viola), Diego Alves (violoncelo), Gustavo Mazon (contrabaixo), Fernando Cardoso (cravo), Alexandre Ribeiro (teorba) e Anderson Lima (guitarra).

Música em Casa

A série teve início em abril, com um conjunto de transmissões ao vivo das linguagens de Música, Teatro, Dança e Crianças – que somam 13,5 milhões de visualizações, até agora -, além de debates (Ideias#), pelo canal do YouTube do Sesc São Paulo, e de exibições de filmes (Cinema#), pela plataforma de streaming Sesc Digital. Com programação diversificada e atividades transmitidas direto das unidades do Sesc na capital paulista, intercaladas com lives realizadas na casa dos artistas ou em estúdios de trabalho, sem a presença de público no local e seguindo todos os protocolos de segurança, a série proporcionou encontros com importantes nomes das nossas artes, dos mais variados estilos. O formato híbrido das apresentações gerou mais oportunidades para os profissionais da área artística e cultural, já que artistas de diferentes estados ou em condições de maior vulnerabilidade ao coronavírus puderam mostrar seus trabalhos.

O projeto Música #EmCasaComSesc já realizou 212 shows desde 19 de abril e tem sido uma oportunidade para promover o Mesa Brasil, programa criado há 25 anos, que conecta empresas doadoras e instituições sociais para o complemento de refeições de pessoas em situação de vulnerabilidade social.

Assessoria

Arquivos

Categorias

Meta