Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on email
Email
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on print
Print

Guaíra lança projeto virtual do Teatro de Comédia do Paraná. Acesse, aqui.

Equipe de atores do TCP fará vídeos semanais inspirados na peça TodoMundo!, do premiado dramaturgo norte-americano Branden Jacobs-Jenkins.

 

 

 

.

O Centro Cultural Teatro Guaíra lança nesta segunda-feira (8) o projeto virtual do Teatro de Comédia do Paraná (TCP). O projeto é inspirado na peça TodoMundo!. Semanalmente, a equipe de atores do TCP trará, de maneira contemporânea e bem-humorada, reflexões sobre Deus, Morte, Família, Amizade, Coisas e Amor, temas que fazem parte da peça do premiado dramaturgo norte-americano Branden Jacobs-Jenkins. Todos os vídeos terão tradução em libras.

Confira o projeto virtual, AQUI

A peça TodoMundo! seria apresentada em março e abril e faria parte da temporada 2020 do TCP antes de as atividades do Teatro Guaíra terem sido suspensas em função da pandemia do coronavírus. Esta edição tem a direção de Rodrigo Portella, um dos mais renomados dramaturgos de sua geração, com mais de 150 premiações, incluindo o prêmio Shell de melhor direção.

REDES SOCIAIS – Os vídeos serão disponibilizados nas redes sociais do projeto “Dossiê TodoMundo!” e do Teatro Guaíra. Amparados por um roteiro temático baseado no texto de Branden Jacobs-Jenkins, os atores buscarão responder: você se sente todo mundo? O que é ser todo mundo?

A ação é uma parceria do Governo do Estado do Paraná, Secretaria da Comunicação Social e da Cultura, Centro Cultural Teatro Guaíra e PalcoParaná.

PROJETO – O projeto “Dossiê TodoMundo!” é um desdobramento documental em formato virtual do projeto original de montagem teatral TodoMundo!, edição 2020 do TCP. O texto escolhido foi Everybody, de Branden Jacobs-Jenkins, em que Deus pede uma inesperada prestação de contas e um balanço de como a humanidade passou seu tempo na terra.

Este projeto surge justamente das reuniões à distância. Dos ensaios destes atores que, se antes trabalhavam de maneira muito próxima e cúmplice, agora vivem as limitações de câmeras, smartphones, internet oscilante, entre outras dificuldades.

Uma produção audiovisual-poética-documental, “Eu Também sou TodoMundo!” é um canal que reunirá os bastidores de uma montagem teatral, a suspensão de um trabalho artístico, a vida particular dos atores que aguardam uma estreia e o compartilhamento das análises e pensamentos conceituais, humanitários e estéticos que integram a concepção de uma obra-de-arte.

O projeto é também uma reflexão deste coletivo tão heterogêneo de pessoas que formam o elenco e seus pares no mundo. São 12 artistas que buscam, no seu fazer e no seu ser, novas maneiras de interagir neste mundo tecnológico, higiênico e mascarado.

Teatro de Comédia do Paraná

O Teatro de Comédia do Paraná (TCP) foi reativado em 2016 e desde então foram apresentadas as peças O Homem Desconfortável, Hoje é Dia de Rock, indicada ao prêmio Botequim Cultural nas categorias de melhor direção e figurino, e Papéis de Maria Dias.

Foi criado em 1963 com a finalidade de orientar e coordenar as atividades teatrais do Centro Cultural Teatro Guaíra. O primeiro diretor do grupo foi Cláudio Correa e Castro que montou ‘Um Elefante no Caos’, de Millôr Fernandes. No elenco estavam Paulo Goulart, Nicete Bruno, Lala Schneider, Sale Wolokita, Manuel Kobachuk, José Maria Santos e Joel de Oliveira. A partir de 1964, o TCP atuou até os anos 2000 e chegou a produzir até cinco espetáculos em apenas um ano.

AEN

Arquivos

Categorias

Meta