Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on email
Email
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on print
Print

Hemonúcleo de Foz pede doação de sangue de recuperados da Covid-19

Do sangue dos recuperados pode se obter o plasma hiperimune ou convalescente para o tratamento de doentes graves.

O tratamento é um dos mais avançados do mundo e utiliza do procedimento para auxiliar o sistema imunológico do doente (Foto: assessoria HFI)

 

Devido ao grave momento da pandemia do coronavírus, o Hemonúcleo de Foz do Iguaçu está solicitando a doação simples de sangue de pessoas que se recuperaram da doença há mais de 45 dias. O objetivo é obter o plasma hiperimune para o tratamento de doentes graves. Para doar é preciso ter entre 18 e 60 anos, estar em boas condições de saúde e não ter estado em ventilação mecânica. Atenção: somente mulheres que nunca estiveram grávidas podem doar.

Para a doação é preciso agendar um horário pelo telefone (45) 3576-8020. O Hemonúcleo de Foz está localizado na Avenida Gramado, 364 – Vila A.

 

Uso do plasma

No dia 26 de agosto, o Hospital Ministro Costa Cavalcanti (HMCC) realizou a primeira transfusão de plasma hiperimune de Foz do Iguaçu e região para tratamento de paciente com a Covid-19. O tratamento é um dos mais avançados do mundo e utiliza do procedimento para auxiliar o sistema imunológico de quem está doente, internado e em estado grave. Caso preencha rigorosamente todos os critérios clínicos, o paciente pode receber o plasma com anticorpos extraído do doador.

A Fundação de Saúde Itaiguapy, administradora do HMCC e responsável pelo Hemonúcleo de Foz do Iguaçu, faz parte de uma iniciativa do Centro de Hematologia e Hemoterapia do Paraná (Hemepar) para um projeto-piloto de utilização de anticorpos do plasma do sangue de curados do novo coronavírus.

Fonte: Assessoria

Arquivos

Categorias

Meta