Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on email
Email
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on print
Print

Memória, em dinheiro

  –  Bolívia estampa imagem de guerreira indígena em nota pela primeira vez  –

 

Gregoria Apaza, liderança indígena boliviana na luta contra a coroa espanhola.

Ainda este mês, a Bolívia colocará em circulação uma nova nota de 10 bolivianos, na qual estará estampada a imagem de uma mulher indígena. Trata-se de Gregoria Apaza, que lutou contra a coroa espanhola naquele país.
Conforme explica a assessoria do Banco Central da Bolívia, a proposta é valorizar a cultura indígena, assim como suas lideranças. A nota que traz a estampa de Gregoria é apenas a primeira de uma nova família de notas bolivianas. A ideia teria partido do presidente Evo Morales, ele próprio um índio aimará.
Apesar de já ter acontecido de outro personagem de origem indígena ter sido estampado no dinheiro da Bolívia, isto aconteceu nos anos de 1980. Época de hiperinflação, um desconhecido ilustrou uma nota de 100 mil pesos. Desta vez é diferente. Além do dinheiro boliviano estar valorizado, esta é a primeira vez que uma mulher indígena, aclamada como heroína de seu povo, é homenageada.
História – Gregoria, o irmão Julián Apaza Nina, mais conhecido como Túpac Katari,  e a cunhada Bartolina Sisa lideraram uma das rebeliões mais longas contra o Império Espanhol no Alto Peru, região que envolve a Bolívia e parte do Peru, no final do século XVIII.
Gregoria Apaza nasceu em Ayo Ayo, Bolivia, filha de Nicolás Apaza e Marcela Nina. Viveu 30 anos até ser executada em 1781.
______________________________________
Texto: Guatá com Universia e Wikipedia/Imagem: ReproduçãoAFP
 
 

Arquivos

Categorias

Meta