Humana Cena

  –  Unila promove “Cinema e Direitos Humanos”, com exibição de filmes, oficinas e debates a partir de segunda (9)  –  
direitos humanosDebates sobre direitos humanos a partir da cinematografia, além de oficinas e intervenções na UNILA, compõem um conjunto de atividades do “Ocupa PET: Cinema e Direitos Humanos”, que começa na próxima segunda-feira (9) e vai até o dia 13 de maio. A iniciativa acontece nas unidades da UNILA do Jardim Universitário e do Parque Tecnológico Itaipu (PTI), e ainda no Centro de Direitos Humanos de Foz do Iguaçu.
O evento é uma realização do Programa de Educação Tutorial (PET) da Universidade, em parceria com os cursos de Cinema e Audiovisual e Antropologia – por meio da disciplina de Cultura e Direitos Humanos; da Pró-Reitoria de Extensão (PROEX); e dos projetos de extensão Revista Peabiru e Cinema na Curva do Rio.
“O evento tem como objetivo ser um espaço de reflexão e problematização de questões relacionadas aos direitos humanos sob suas interfaces interdisciplinares. Ao mesmo tempo, tem o intuito de apresentar questões relevantes ao PET Conexões de Saberes da UNILA, cuja proposta é o debate em torno dos ‘Trânsitos culturais fronteiriços: memória, território e poéticas audiovisuais'”, explica a coordenadora do PET na UNILA e docente do curso de Cinema e Audiovisual, Francieli Rebelatto.
O Ocupa PET é gratuito e aberto a toda comunidade. Os interessados em receber certificação e participar das oficinas devem realizar inscrição por meio do Sistema Integrado de Gestão de Atividades Acadêmicas (SIGAA), neste endereço eletrônico.
Cinema e Direitos Humanos – Ao longo do evento, haverá exibição de filmes da 10ª Mostra Cinema e Direitos Humanos no Mundo, seguida de debate. As produções cinematográficas que serão exibidas, na Universidade, abordam discussões sobre direito da população afrodescendente e combate à pobreza, além do direito à participação política, memória, verdade, infância e educação.
Para ampliar o alcance da 10ª Mostra e levar cultura e debate sobre direitos humanos para locais em que a oferta de bens culturais é escassa, este evento é realizado em até mil espaços culturais pelo Brasil e exterior – como a UNILA -, assumindo um caráter descentralizador e democrático por meio do Circuito Difusão.
Por meio do Projeto Democratizando, pontos de exibição de todo o país inscreveram-se para receber kits gratuitos, elaborados pela produção da Mostra, com obras que buscam suscitar as discussões relacionadas aos direitos humanos. “A UNILA foi contemplada, pelo terceiro ano consecutivo, com a possibilidade de exibição dos filmes e trabalhará com a proposta de itinerância dentro e fora da Universidade, disponibilizando estes filmes. Estarão envolvidos estudantes, professores, técnicos e comunidade. A ideia é seguir fazendo exibições na comunidade até o dia 16 de junho”, pontua a professora.
Programação:
Mostra de Cinema e Direitos Humanos na UNILA
Dia 9 de maio, 18h
– UNILA Jardim Universitário – Auditório Martina
Longa: “Felix, o herói da barra”
Curta: “Abraço de maré”
Discussão sobre direito da população afrodescendente, direito à educação e combate à pobreza
Debatedoras: Cecília Maria Angileli (professora de Arquitetura), Andreia Moassab (professora de Arquitetura) e Beto Correa (representante da Comunidade Quilombola do Apepu)
Dia 11 de maio, 18h
– PTI – Auditório da Biblioteca
Longa: “500 – Os bebês roubados pela ditadura argentina”
Curta: “Do meu lado”
Discussão sobre o direito à memória e à verdade e diversidade religiosa.
Debatedores: Susana Valansi (professora de Arquitetura) e Anasxuel Fernando (professor de Antropologia)
Dia 12 de maio, 18h
– UNILA Jardim Universitário – C207 Sala Negra
Longa: “Porque temos esperança”
Curta: “O muro é o meio”
Discussão sobre os direitos ao Registro Civil de Nascimento e Direito à participação política
Debatedores: Tania Rodriguez (estudante do Mestrado ICAL – UNILA), Isadora de Assis Bandeira (estudante de Antropologia – UNILA), Gabriel Gil (estudante do Mestrado ICAL – UNILA)
Dia 13 de maio
– Centro de Direitos Humanos, 19h
Longa-metragem: “500 – Os bebês roubados pela ditadura argentina”
Debatedores: Aluísio Palmar (Centro de Direitos Humanos), Patrícia Mecchi (professora de Fundamentos da América Latina – UNILA), Leandro Zerbatto (estudante de Cinema e Audiovisual)
Conectando Saberes e Práticas
Dia 10 de maio – 18h30 – UNILA Jardim Universitário – Sala C207
“Mídia e Poder”, com a professora Inês Amarante (Letras – Artes e Mediação Cultural – UNILA)
Discussão sobre o direito à comunicação
Dia 17 de maio – 18h30 – Parte externa da UNILA Jardim Universitário, no caminho do Restaurante
Mostra do filme “Putta: um documentário” e debate com a professora Lorena Tavares de Freitas
Discussão sobre gênero
Oficinas
“Fotografia e Memória”
Discussão: O direito à memória e representação nas imagens
11, 12 e 13 de maio, das 12h às 13h30 – Sala C206
Professora Fran Rebelatto (Cinema e Audiovisual) e João Otávio (estudante de Geografia)
“Expressão Corporal”
10 de maio, das 12h às 13h – Parte externa da UNILA Jardim Universitário (em frente ao prédio)
Adolfo Delvalle e Anita Delvalle (integrantes do Grupo PET Conexões de Saberes)
Intervenções (todos os dias)
Mostra de filmes do projeto de extensão “Cinema na Curva do Rio” e varal ilustrado da “Revista Peabiru”
Corredores da UNILA – Jardim Universitário


Assessoria Unila
 

Arquivos

Categorias

Meta