Kuña

  –  Colabore com a realização de “Kuña”, documentário sobre a mulher paraguaia  –  

kuna cinema paraguaioOs cineastas paraguaios Ramiro Gómez e  Eva Romero co-dirigem um documentário sobre os direitos das mulheres e a equidade de gênero no Paraguai. Já contam com um aporte financeiro, graças a um movimento internacional de defesa dos Direitos Humanos, mas necessitam mais apoio para cobrir todos os gastos desta co-produção internacional.
As mulheres no Paraguai só obtiveram o direito ao voto no ano de 1961; o Paraguai foi o último país da América Latina a fazer essa mudança legal. No continente, as mulheres paraguaias recebem um dos salários mais baixos, se comparado com os recebido pelos homens daquele país, apesar de que elas constituem 75% da força laboral do Paraguai.
O Paraguai foi um dos últimos países da América Latina e do mundo a legalizar o divórcio, em 1991. O aborto é ilegal. E as vítimas de abuso e violência doméstica seguem sem proteção adequada perante a lei.
É meta do documentário proposto, tratar destes pontos mediante entrevistas com cem destacadas mulheres paraguaias, pessoas que tem feito contribuições importantes no seu campo de atuação e nas comunidades, mulheres líderes e mulheres pioneiras num ambiente cultural, político e legal pós-ditatorial em transição.
É questão principal para o presente documentário, dizem seus articuladores, prover de um espaço em que se possa reconhecer e homenagear às mulheres do Paraguai e, ao mesmo tempo, ampliar certas conversações sobre equidade de gênero no âmbito público.
A diretora e o diretor sentem que o risco de não se cumprir com isso é bastante baixo, porque estão totalmente comprometidos com a promessa de sentar com um grupo de mulheres lutadoras e escutar com honestidade as histórias importantes para elas. As entrevistas se realizarão durante os meses de agosto e setembro, em Assunção. Já estão comprados os equipamentos e cenários, mas os custos de produção vem subindo. Mesmo assim, Gómez e Romero estão seguros de que, com suas experiências de cinema documentário poderão ultrapassar qualquer obstáculo.
Para tanto, também contam com a colaboração das pessoas que gostam de cinema e reconhecem a importância da temática do filme a ser realizado. Clique aqui para colaborar também.