Lance livre

  –  Jogador de basquete do Corinthians aproveita título e protesta por 100 dias da morte de Marielle  –

Corinthians festeja o título e jogador protesta (Fotos: Divulgação NBB)
.
O armador Gustavinho aproveitou a comemoração do Corinthians pelo título da Liga Ouro de basquete para protestar e relembrar que na sexta-feira (22 de junho) completou 100 dias da morte da vereadora Marielle Franco (PSOL-RJ) e de seu motorista, Anderson Pedro Gomes.
.
No momento em que foi erguer a taça de campeão do torneio, que dá ao clube o direito de disputar a primeira divisão da NBB, o jogador exibiu uma camisa com a pergunta: “Quem matou Marielle?”
.
Gustavinho protesta durante comemoração do título do Corinthians e lembra do caso Marielle. 
A memória – Marielle e seu motorista foram executados em 14 de março. O caso, que é acompanhado pelo Ministério Público do Rio de Janeiro ainda não foi esclarecido pela polícia e desde o acontecimento, várias manifestações ocorreram pelo Brasil e em redes sociais pedindo a solução do caso.
.
O Esporte – Na decisão da Liga Ouro, o Corinthians venceu o jogo 4 da série de melhor de cinco na decisão diante do São José, por 74 a 63. Com a conquista, a equipe do “timão” ganhou também o acesso à Liga Nacional de Basquete – classe especial depois de anos ausente.

______________________________
Extraído de Estadão
 
 

Arquivos

Categorias

Meta