Manchete

  –  Um poema de Lara Aragão  –


 

Um estudante, um professor e um jornalista
Foram pegos em flagrante
Praticando democracia
A quadrilha fornecia consciência para a periferia

Estavam fortemente armados
Com direitos de alto calibre
Resistiram à prisão
Com gritos de grande poder de subversão
As ruas foram cobertas de indignação

O governo declarou estado de emergência
Ninguém sai da imobilidade
E todas as mentes são revistadas
Os cães estão sob alerta
Em busca de qualquer sinal de combatividade

Instruíram a população
A tapar os ouvidos
Obedeceram.
Fecharam janelas portas olhos
Com medo, ligaram a TV
Plim-plim
Tranquilidade, enfim.

_______________________________________
Lara Aragão é estudante de Direito em Navegantes, SC.
Poema publicado na revista Escrita 46.

Arquivos

Categorias

Meta