Mãos da terra mãe

  –  FAO promove concurso regional de relatos e experiências de mulheres do campo e suas organizações na América Latina e Caribe  –


Até 31 e julho seguem as inscrições para o concurso de relatos e fotografias sobre a experiência de vida de mulheres camponesas e suas organizações na América Latina e Caribe, promovido pela Organização das Nacões Unidas para a Alimentação e Agricultura – FAO.
O concurso busca valorizar e identificar o papel fundamental das mulheres da área rural no alcance dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), o desenvolvimento rural e a erradicação da fome e da pobreza.
As ganhadoras das duas categorias do concurso receberão passagens e estadia pagas para a II Conferência Regional de Mulheres Rurais da América Latina e do Caribe, que acontecerá em setembro, na cidade de Assunção, capital do Paraguai.
O concurso busca dar visibilidade às diversas realidades das mulheres que vivem nas áreas rurais da região mencionada; os problemas que enfrentam no cotidiano, suas resistências, vitórias e capacidades, dando a conhecer histórias valiosas em suas próprias palavras e imagens.
“As mulheres fazem esforços diários que são fundamentais para a segurança alimentar, a produção de alimentos, a preservação da biodiversidade e o desenvolvimento das áreas rurais. Tem valiosas experiências de vida: e é isso que queremos dar a conhecer mediante este concurso”, explica Claudia Brito, oficial responsável por questões de Gênero da FAO.
As categorias
O concurso conta com duas categorias: relatos de vida e experiências organizativas. Na primeira, relatos de vida, eles devem ser testemunhos de experiências de mulheres que vivem e trabalham em áreas rurais. As histórias podem ser apresentadas de forma escrita ou através de imagens (fotografias ou ilustrações).
Poderão participar desta modalidade, mulheres camponesas, que podem ter o apoio de extensionistas e profissionais que prestem assistência técnica no setor rural, para realizar seu relato en formato escrito ou visual.
Já na segunda categoria, de experiências organizativas, as histórias devem estar centradas no trabalho de organizações que estão na luta pela igualdade e pelo direito das mulheres rurais aos recursos naturais, à saúde, à educação, ao trabalho, entre outras questões. Os relatos devem colocar em evidência o valor do coletivo e a importância do trabalho associativo, assim como visbilizar os exitos e desafios das organizações na redução do desiquilíbrio entre gêneros.
As histórias desta categoria devem ser apresentadas por escrito e podem ser acompanhadas, de forma opcional, por imagens que as ilustrem (fotografias e/ou ilustrações). Poderão participar organizações mistas nas quais participem mulheres rurais.
Envio de materiais
Para participar em qualquer categoria do concurso, as pessoas interessadas devem preencher o formulário disponível nas bases do concurso e no anexo (clique aqui) e enviá-lo junto com as histórias e/ou imagens para mujeres-rurales@fao.org, indicando a categoria da qual deseja participar.
Não existe limite de envio de materiais por pessoa ou organização. Serão aceitos materiais enviados até o dia 31 de julho.

Mulheres com direitos
Este concurso é parte da campanha regional de comunicação #MujeresRurales, mujeres con derechos, promovida pela FAO em toda a América Latina e Caribe.
O concurso se desenvolve com a participação da Reunião Especializada sobre Agricultura Familiar do Mercosul (REAF), a Secretaria Especial de Agricultura Familiar e Desenvolvimento Agrário do Brasil (SEAD) e a Unidade para a Mudança Rural da Argentina (UCAR).
______________________
Com FAO

Arquivos

Categorias

Meta