“Metanóia”, de Thayla Gevehr

Prosa poética publicada na revista Escrita 26

“Escapismo 1”, de Dieguito

 

A mudança é um bichinho que fica roendo aqui por dentro, acho que no coração. Às vezes dá vontade de arrancar algo do lugar onde o bicho fica e jogar para fora. Às vezes, ele fica roendo até doer. E, às vezes, me dou por assistir mesmo, para ver em que pé as coisa ficam, e até onde vai o danado, aqui dentro, a passear e granjear novos caminhos pelos cômodos que são meus. O duro é que mudança não é coisa para ser sozinha; sempre fica aquele pequeno vestígio, só para lembrar a bagunça que fez o tal habitante, que dorme e acorda, vez por outra, sem pensar em partir.

Thayla Gevehr à época da publicação era estudante de Filosofia, em Toledo, Pr. Texto publicado originalmente na revista escrita número 26.
Dieguito rabisca de forma amadora na região da fronteira trinacional. Colabora com a Guatá desde que ficou desempregado como auxiliar de guarda-livros, em 2007.

Arquivos

Categorias

Meta