Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on email
Email
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on print
Print

Fazendo as contas

  –  ONU Mulheres defende investimentos públicos e privados em igualdade de gênero para aumentar participação de meninas e mulheres em ciência e tecnologia  –

Reunião da ONU Mulheres sobre a disparidade entre homens e mulheres quanto aos avanço tecnológicos (Foto: ONU)

Atualmente, mulheres detêm 18% dos títulos de graduação em Ciências da Computação e são apenas 25% da força de trabalho da indústria digital no mundo. Questões foram apontadas no evento “Por um Planeta 50-50 em 2030: Mulheres e meninas na Ciência e Tecnologia” para celebrar ao Dia Internacional de Mulheres e Meninas na Ciência, comemorado em 11 de fevereiro.
 
A ONU Mulheres, a Unesco e a Serasa Experian promoveram, no início de de fevereiro, o encontro “Por um Planeta 50-50 em 2030: Mulheres e Meninas na Ciência & Tecnologia”. Na abertura do evento, representantes da ONU Mulheres frisou o potencial pouco aproveitado de meninas e mulheres nas exatas e os efeitos futuros para o mundo do trabalho em mudança.
“74% das meninas têm interesse em ciência, tecnologia, engenharia e matemática. Mas o fato é que apenas 30% das pesquisadoras do mundo são mulheres. Em termos de crescimento econômico, 144 países em desenvolvimento aumentarão o PIB em 8 trilhões, se 600 milhões de mulheres e meninas tiverem acesso às áreas de ciência, tecnologia e inovação”, disse Adriana Carvalho, gerente dos Princípios de Empoderamento Econômico da ONU Mulheres Brasil.
No ano passado, a ONU Mulheres fez o alerta global de que as mulheres estão fora dos principais postos de trabalho gerados pela revolução digital. Elas têm somente 18% dos títulos de graduação em Ciências da Computação e são, atualmente, apenas 25% da força de trabalho da indústria digital.
CLIQUE AQUI PARA VER A SITUAÇÃO DAS MULHERES NEGRAS
_________________________________________
.
[box] ONZE TECNOLOGIAS, REALIZADAS POR MULHERES, QUE REVOLUCIONARAM O MUNDO – O que é invenção? Invenção é conceituada como a criação de uma coisa que até então não existe. Quando uma pessoa inventa algo que não há antecedentes concretos e isto auxilia outras pessoas o resultado é uma grande contribuição para o conhecimento humano. Veja estas, que foram desenvolvidas por mulheres.
. Teste de urina para monitorar diabetes (Helen Free) .  Medicamento contra leucemia (Gertrude B. Ellion) .  Método para melhorar negativos fotográficos (Barbara S. Askins)  . ‘Calculadora gráfica’ para resolver problemas de transmissão de energia (Edith Clarke) . Vidro sem reflexo (Katharine Blodgett) . Peneiras moleculares para refino de petróleo (Edith Flanigen) . Máquina para fazer sacolas de papel (Margaret Knight) . Fralda descartável (Marion Donovan) . Sinalizadores marítimos (Martha Coston) . Limpador de para-brisa (Mary Anderson) . A superfibra Kevlar (Stephanie Kwolek). — Fonte: Novorumo. Extraído de RODRÍGUEZ, Margarita. 11 tecnologias extraordinárias criadas por mulheres. G1 – Tecnologia e Games, 08 mar. 2016.[/box]
.
_________________________________________
 
“O mercado de trabalho está mudando rapidamente e uma nova onda de inovações deve transformar vidas, em especial nas áreas de ciências, tecnologia e exatas. Empregos que não existem hoje serão comuns daqui a 20 anos. Isso significa que a força de trabalho futura terá que desenvolver e alinhar suas habilidades para corresponder a essas necessidades do mercado de trabalho. Isso também significa que temos uma oportunidade concreta para a mudança”, acrescentou Adriana.
 
ONU Mulheres defende investimentos públicos e privados em igualdade de gênero para aumentar participação de meninas e mulheres em ciência e tecnologia/princípios de empoderamento das mulheres.  Em uma palestra desenvolvida por Fábio Soares, coordenador dos setores de Ciências Naturais e Ciências Humanas e Sociais da Unesco, mostrou-se exemplos de mulheres que contribuíram e contribuem para a área de ciências, matemática, tecnologia, muitas das quais foram invisibilizadas na história. Fábio falou, ainda, da necessidade de promover o tema para aproveitar todo o potencial das mulheres.
LEIA MAIS SOBRE GÊNERO E TECNOLOGIA
___________________________
Fonte: OnuMulheres

Arquivos

Categorias

Meta