Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on email
Email
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on print
Print

Museu de Frida Kahlo inaugura exposição virtual durante a quarentena

O museu chamado ‘A Casa Azul’ foi o local onde Frida Kahlo, a artista latino-americana mais reconhecida do mundo, viveu e deu seu último suspiro. Durante o passeio virtual, você poderá observar os jardins e as treze salas de exposições da casa!

Com a pandemia do coronavírus, as atividades culturais foram canceladas temporariamente. Museus, cinemas e teatros eram espaços propícios a aglomerações, então a opção mais segura foi a suspensão desses serviços até que a situação mundial melhore.

Como alternativa, alguns museus lançaram visitas virtuais, que podem ser feitas a partir das telas dos computadores e celulares. Foi o caso do Museu Frida Khalo que anunciou que abriu suas portas virtualmente de forma gratuita para todo o público.

O museu chamado ‘A Casa Azul’ foi o local onde Frida Kahlo, a artista latino-americana mais reconhecida do mundo, viveu e deu seu último suspiro. A casa que transborda cores, data 1904 e não é uma construção em grande escala, fica localizada em Coyoacán, no México. Lá, estão expostos os objetos pessoais que revelam o universo íntimo da artista.

Nesta casa estão algumas das obras mais importantes de Frida: Viva la Vida (1954), Frida y la cesárea (1931), Retrato de mi padre Wilhem Kahlo (1952), entre outras. A exposição virtual é uma maneira diferente de conhecer a vida e a arte de Frida Kahlo.

Na legenda da foto que abre a página do Museu está escrito: “Neste estabelecimento cultural, nenhuma pessoa é discriminada com base em raça, gênero, religião, condição física, orientação sexual ou status socioeconômico” (Foto: Museu La CasaAzul)

 

ACESSE, AQUI!
Para acessar a exposição virtual, basta acessar o site do Museu Frida Kahlo e aproveitar essa chance. Para outras informações sobre a vida da artista, o museu também está no Instagram e atualiza sempre o feed com novidades.
.

Durante o passeio virtual, você poderá observar os jardins e as treze salas de exposições da casa, que possuem objetos e pinturas pessoais da artista, como o escritório, a cozinha, o jardim e a exposição temporária ‘Aparências enganam’, onde são expostas as roupas que Kahlo usou ao longo de sua vida: os vestidos coloridos com bordados tradicionais e as rosas do cabelo, que vem acompanhada de uma história marcante.

Uma coleção de fotos de Giséle Freund, datadas de 1951, mostram aspectos internos da casa à época de Frida. (Fotos: La Casa Azul)

No Museu La Casa Azul, você verá como Frida Kahlo preferia cozinhar com lenha, conhecerá seu fascínio por peças pré-hispânicas e vasos de madeira, suas pinturas, entenderá sua visão do surrealismo, e terá a oportunidade de contemplar outras coleções de obras como El retrato de mi padre Guillermo Kahlo de (1952), Mi familia de (1949), Frida y la cesárea (1931), Viva la vida de (1954) y Naturaleza muerta (1942).

Das páginas Contioutra, Lahoguera e Museu La Casa Azul

 

Arquivos

Categorias

Meta