Ñande Mita Kuera

  –  UNILA ganha espaço para acolher e integrar crianças ao ambiente universitário  –  


Ser um espaço pensado e dedicado ao desenvolvimento e aos cuidados com as crianças no ambiente universitário. Essa é a proposta do Espaço Ñande Mita Kuera (nossas crianças, em guarani), inaugurado no início do mês de setembro e que pretende se tornar um ponto de referência para crianças, pais e cuidadores na UNILA.
Localizado na sala C 112, no térreo do prédio principal do Jardim Universitário, o EspaçoÑande Mita Kuera funciona no mesmo horário que a Universidade (das 8h às 22h) e pode ser utilizado por qualquer integrante da comunidade acadêmica. “É um espaço onde tentamos acolher a vivência doméstica dentro da UNILA. Onde os pais e mães podem estudar ou desenvolver suas atividades, acompanhados pelas crianças, em um espaço seguro e pensado para o desenvolvimento das necessidades familiares”, explicou a pró-reitora de Assuntos Estudantis, Ana Paula Araújo Fonseca.
O espaço conta com copa infantil, trocador, berços, brinquedos, livros e materiais didáticos voltado para as crianças, além de mesas e computadores para os cuidadores. A estrutura foi montada com móveis da própria UNILA, além de objetos e brinquedos doados pela Secretaria Municipal de Educação e por membros da comunidade acadêmica. Pela manhã e tarde, o local fica aberto e conta com uma funcionária terceirizada responsável pela organização do espaço e por registrar o fluxo no local. Já no período noturno e aos sábados, é necessário retirar a chave na recepção. Para utilizar a sala, a criança deve obrigatoriamente estar acompanhada por um adulto responsável.

Direitos da infância

A pró-reitora lembra que é um direito da criança estar perto de seus pais nos primeiros anos de vida. Essa proximidade traz resultados positivos, a médio e longo prazo, para a saúde e o desenvolvimento da criança e também para o trabalho e bem estar de mães e pais. “Acreditamos que espaços de convivência podem ajudar a diminuir a evasão entre nossos alunos que se tornam pais e mães, e também possibilitar aos servidores uma opção de aproximação dos filhos, quando desejarem. São benefícios importantes não apenas para os indivíduos que fazem uso da sala, mas para a instituição como um todo, pois deixamos de constranger as pessoas que tem filhos no ambiente acadêmico, indicando que a Universidade também é para elas”, salientou.
A implantação do espaço infantil foi uma demanda do Grupo de Pais e Mães da UNILA e da Comissão para o Acompanhamento da Implantação da Política de Equidade de Gênero. As discussões sobre a necessidade de construir ambientes mais amigáveis para bebês e crianças, e de sensibilizar a comunidade acadêmica sobre a importância de incorporar a vida familiar ao ambiente universitário, iniciaram em 2015.
De acordo com a pró-reitora, o grupo pretende que outras unidades da UNILA também tenham espaços semelhantes. “Sabemos que o ideal seria que todos os prédios da Universidade contassem como um espaço como o Ñande Mita Kuera. Mas, enquanto isso não é possível, queremos trabalhar para garantir que pelo menos possamos contar com uma estrutura mínima, como trocadores e locais para amamentação”, explicou Ana Paula, que também é integrante da Comissão para o Acompanhamento da Implantação da Política de Equidade de Gênero.

Projetos

Além de ser um local para apoio e interação, a UNILA quer que a comunidade acadêmica se aproprie e proponha projetos de ensino, pesquisa e extensão voltados para a infância, a serem desenvolvidos no Ñande Mita Kuera. Os interessados podem entrar em contato com a Pró-Reitoria de Assuntos Estudantis pelo prae@unila.edu.br. A prioridade é para propostas que trabalhem os pilares da UNILA – bilinguismo, interdisciplinaridade e multiculturalidade – na perspectiva infantil.
 
___________________________________
Assessoria Unila

Arquivos

Categorias

Meta