Paginando o sonhar

  • Texto e fotos de Izabela Fernandes –


Em 28 de 0utubro, o Ponto de  Cultura Tirando de Letra realizou oficina literária com os estudantes do 3° ano, turma C,  da Escola Municipal Isidoro de Lima, completando o cronograma mensal que previa a confecção de revista artesanal com as crianças.
Para produzir o “fanzine”, os estudantes primeiro tiveram a experiência de aguçar a atenção para detalhes de fotografias. Para tanto, utilizamos a exposição “Do tamanho que vejo”, com fotos elaboradas por adolescentes do Norte do Paraná.
O desafio foi o de buscar interpretar a intenção e as possibilidades de leitura que o olhar do autor sugeriu em cada obra. Depois de percorrer o varal improvisado com as imagens, as crianças voltaram à sala de aula para soltar a imaginação e expressarem suas conclusões através da escrita, do desenho e da colagem.
A liberdade do tema proporcionou uma grande variedade de trabalhos. Entre as produções, se podia encontrar histórias de vegetais falantes, árvores dos sonhos, flores dançarinas, músicas e ilustrações de capoeira, jardins s mágicos, e muitas outras derivações do que no príncipio era o conjunto de fotografias.
A garotada mostrou que é possível nas pequenas, mas atrativas linhas e detalhes, se encontrar uma riqueza de repertório para impulsionar a produção da poesia.
No final, animados e embalados pelas canções que sabem de capoeira compartilharam suas produções, trocando seus saberes e impressões.
(Izabela Fernandes é voluntária do Coletivo Mão na Roda, organizado pelo Ponto de Cultura Tirando de Letra. Estuda Mediação Cultural na Unila, em Foz do Iguaçu, Pr)