Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on email
Email
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on print
Print

Pão e livros na quarentena uruguaia

Prefeitura de Montevidéu inclui livros em cestas básicas distribuídas em meio à pandemia do coronavírus

Cerca de 1800 títulos, leitura para crianças, jovens e adultos, fazem parte das 10 mil cestas básicas distribuídas em Montevidéu, Uruguai (Foto: Prefeitura Montevidéu)

A prefeitura de Montevidéu, no Uruguai, distribuiu 10 mil cestas básicas para auxiliar famílias em meio à crise causada pela pandemia do novo coronavírus. Além de itens básicos de alimentação e higiene, quatro mil cestas incluíam algo que chamou a atenção: um livro.

Segundo a prefeitura, a iniciativa faz parte do programa “Montevidéu, cidade literária criativa”, da Unesco. Entre os exemplares distribuídos estão obras que ganharam o Concurso Literário Juan Carlos Onetti, o mais importante do país, além de clássicos uruguaios e cerca de 1800 títulos de literatura para crianças, jovens e adultos.

As cestas são distribuídas para pessoas que fazem parte de programas de assistência social do governo. Os itens devem durar até 15 dias e uma segunda entrega já está programada para próximo dia 20. Até a tarde desta segunda-feira, o Uruguai tinha contabilizado 480 casos de Covid-19 e oito óbitos decorrentes da doença.

O prefeito de Montevidéu, Christian Di Candia, acompanhou a entrega de cestas em alguns locais da cidade e fez uma publicação no Twitter parabenizando os voluntários e funcionários que estão participando da ação.

“Hoje acompanhamos a entrega de cestas de alimentos no átrio do prédio da Prefeitura de Montevidéu. Um dos muitos pontos da cidade onde voluntários e funcionários públicos estão fazendo um trabalho imenso para entregar as cestas aos beneficiários. É realmente incrível o trabalho de logística que eles estão realizando para tornar isso realidade”, escreveu.

Do Jornal EXTRA GLOBO

Arquivos

Categorias

Meta