Paraguai x coronavírus

País irmão inicia teste clínico pioneiro contra o COVID-19

Várias instituições científicas do planeta estão fazendo diferentes trabalhos de investigação para freiar a expansão da COVID-19. (Pixabay)

LEIA A REPORTAGEM COMPLETA. ACESSE CIÊNCIA DEL SUR, AQUI.

Um grupo de pesquisadores paraguaios iniciará ensaios clínicos com hidroxicloroquina em público-alvo do Hospital de Clínicas para tentar combater o COVID-19 . O grupo é formado por cientistas da Universidade Nacional de Assunção, especificamente da Direção de Pesquisa da Faculdade de Ciências Médicas. Eles são coordenados pelo reitor do FCM e liderados pela Dra. Gloria Aguilar .

Essas investigações pioneiras na região em plena pandemia visam verificar a eficácia do medicamento como profilaxia.

A comunidade científica mundial está se unindo a esforços cada vez maiores para combater a nova doença do coronavírus. Universidades e centros ao redor do mundo realizam várias investigações em diferentes áreas. No entanto, um medicamento ou vacina eficaz ainda não foi encontrado.

O Paraguai também quer contribuir. A esse grupo se juntam o grupo de ensaios clínicos de pesquisadores, reunidos pelo Conselho Nacional de Ciência e Tecnologia (Conacyt), a Associação de Pesquisadores Científicos do Paraguai (ADICIP) e a Sociedade Científica do Paraguai (SCP) . Além do Ministério da Saúde Pública e Bem-Estar Social.

Os ensaios clínicos têm a aprovação do Comitê de Ética da Faculdade de Ciências Médicas da Universidade Nacional de Assunção.

Esse projeto em particular inclui a administração de hidroxicloroquina , a cada 30 dias, a pessoas daquele grupo vulnerável.

LEIA A REPORTAGEM COMPLETA. ACESSE CIÊNCIA DEL SUR, AQUI.

 

Transcrito  da página Ciência del Sur. Texto original: Eduardo Quintana