Paraná: novo edital reforça presença de bolsistas no combate à Covid-19

Chamada pública abrange profissionais e estudantes da área da saúde. Além de novas vagas, serão financiadas bolsas de extensão para bolsistas que já participam do programa.

Laboratório Central do Estado – LACEN – Recepção de amostras para teste do Coronavirus. (Foto: Geraldo Bubniak/AEN)

 

O Governo do Estado anuncia novas vagas para profissionais e estudantes da área da saúde que queiram atuar como bolsistas em ações de prevenção e combate ao coronavírus. A divulgação aconteceu sexta-feira (24). A chamada pública possui caráter de fluxo contínuo, ou seja, atenderá a demanda conforme seja necessário.

Desenvolvida em parceria entre a Superintendência Geral de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior; a Secretaria de Estado da Saúde e a Fundação Araucária, a ação de prevenção, cuidados e combate à pandemia prevê um investimento de R$ 14,5 milhões. Neste novo edital estão previstos R$ 6,5 milhões oriundos de recursos da Secretaria da Saúde.

O edital busca renovar os contratos de bolsistas que já estão atuando e também abre novas vagas. Atualmente são 691 bolsistas. Há cerca de 250 vagas para serem preenchidas. “A ampliação do investimento assegura a continuidade do importante trabalho que está sendo realizado em todo o Estado, em apoio às estratégias da Secretaria da Saúde, para o combate ao coronavírus”, destacou o superintendente da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Aldo Bona.

Para o secretário da Saúde, Beto Preto, a força de trabalho dos estudantes, que atuam em diversas áreas durante a pandemia, trouxe um reforço significativo neste período. “Contamos com cada um deles para atividades que são de extrema importância para todo o processo de enfrentamento à Covid-19 no Paraná”,. disse o secretário.

“É uma parceria boa para todos porque possibilita a experiência e a vivência em ação importante de saúde, tanto para os estudantes quanto para os profissionais. Os bolsistas ampliam o conhecimento e aperfeiçoam os relacionamentos interpessoais”, destacou o secretário.

BOLSAS – Além das novas vagas, serão financiadas bolsas de extensão com duração adicional de quatro meses para aqueles bolsistas que já participam do programa.

“Resolvemos conceder quotas institucionais adicionais de bolsas de extensão com o objetivo de ampliar o escopo de atuação das equipes na prevenção e enfrentamento do coronavírus, pois só desta forma conseguiremos combater e controlar essa doença”, disse o diretor científico, tecnológico e de inovação da Fundação Araucária, Luiz Márcio Spinosa.

O envio da documentação é todo on-line e o critério de escolha dos bolsistas será por ordem cronológica de inscrição, desde que a documentação esteja correta.

Para acessar o edital completo, clique AQUI

 

ÁREAS – O edital contempla vagas para médicos, psicólogo, enfermeiros, técnicos de enfermagem, assistente social, biólogo, biomédico, bioquímico, educador físico, farmacêutico, fisioterapeuta, terapeuta ocupacional, fonoaudiólogo, médico veterinário, nutricionista, dentista e técnicos em radiologia.

ATUAÇÃO – Os bolsistas atuarão na plataforma de Telemedicina, nas divisas rodoviárias do Estado do Paraná, na Ceasa-Curitiba, nas Regionais de Saúde, no Laboratório Central do Estado (Lacen), no Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde (CIEVS) e em unidades do Departamento Penitenciário do Estado do Paraná (Depen).

INSCRIÇÕES – Informações a respeito das inscrições podem ser obtidas pelos candidatos pelo e-mail imprensa@seti.pr.gov.br, bem como pelos telefones (41) 3281-7339, (41) 3281-7338 e (41) 3281-7336.

Por AEN