Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on email
Email
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on print
Print

Passeio multidimensional pelas Cataratas. Que tal?

Um artigo de Wemerson Cearanews*

Jornalista apresenta reflexões, informações e curiosidades que estão no livro “7 Arcos, 3 degraus – O que você ainda não sabe sobre as Cataratas do Iguaçu”, escrito por Jackson Lima.

O que tem a ver as Cataratas do Iguaçu com as Águas do Titicaca? As Cataratas do Iguaçu nasceram no bairro Porto Meira, em Foz do Iguaçu, é isso? Já pensou em fazer uma viagem multidimensional pelas 3 Fronteiras, um dos lugares culturalmente mais lindos do planeta? Sabe por que você nunca se esquecerá daquele dia que você visitou as Cataratas pela primeira vez?

Essa e muitas outras incríveis reflexões você confere nas páginas do livro: “7 Arcos, 3 degraus – O que você ainda não sabe sobre as Cataratas do Iguaçu”, escrito pelo jornalista Jackson dos Santos Lima, o menino de Coruripe, Maceió, que abraçou as águas do rios Iguaçu e Paraná há mais de 40 anos.

“7 Arcos, 3 degraus” é a leitura da nova década. Traz um passeio literário pelo físico e espiritual com a visão humildemente humanística à la Jackson Lima, tal como um passarinho sobrevoando as 3 Fronteiras. No universo desvendado por Jackson, tudo tem um motivo para existir. Nada é por acaso.

Como as águas das Cataratas que passeiam pelas águas do mundo para desaguar na fronteira, o autor também era pra existir na cidade de Foz do Iguaçu, local que brindou Jackson com suas obras e família, embora ele não trate exatamente desse modo em seus livros.

Capa de “7 Arcos, 3 degraus”, de Jackson Lima – foto Roger Meireles

Encontro do autor com a cidade

.
Uma história que se descortina a partir de 1976, quando Jackson Lima, ex-missionário alagoano da Congregação Coreana das Testemunhas de Jeová e observador da Congregação Japonesa, retorna da capital paraguaia, Assunção, para um passeio em Foz do Iguaçu.

No universo desvendado por Jackson Lima, tudo tem um motivo para existir. Nada é por acaso.

Antes de chegar a Foz, uma parada na cidade de Puerto Presidente Stroessner, na antiga rodoviária. O jovem negro e alucinado pelo desconhecido é roubado. Sua ferramenta de trabalho, a Bíblia, e as anotações são levadas, juntamente com sua bolsa contendo as reservas econômicas. Jackson segue obrigatoriamente a pé a Foz do Iguaçu, sem dinheiro e sem a Bíblia, apenas com o sonho de existir.

Leia o livro antes das Cataratas Multidimensional virar documentário.

Os leitores da fronteira podem adquirir o livro na Kunda Livraria e nas lojas do Parque Nacional do Iguaçu; leitores do mundo acessam a obra pela Amazon, disponível pelo link https://amzn.to/39LM71C.

__________________
Wemerson “Cearanews” Augusto é jornalista em Foz do Iguaçu.

Arquivos

Categorias

Meta