Prêmio Para Mulheres na Ciência tem inscrições prorrogadas

Idealizada pela L’Oréal, Unesco no Brasil e Academia Brasileira de Ciência, a premiação oferece bolsa de R$50 mil reais a sete jovens cientistas brasileiras

Mulheres cientistas agora têm até o dia 22 de maio para se inscreverem na 15ª edição do Programa Para Mulheres na Ciência. Com a nova data, o prêmio realizado pela L’Oréal em parceria com a UNESCO e a Academia Brasileira de Ciências busca se adaptar às necessidades femininas durante o novo contexto desafiador da COVID-19, no qual mulheres sofrem mais impacto também no ambiente acadêmico.

Por que a prorrogar as inscrições do Para Mulheres na Ciência?

Você sabia que este período tem afetado mulheres pesquisadoras mais do que os homens? Segundo a pesquisa divulgada pelo programa Parent in Science – iniciativa que levanta discussões sobre maternidade e paternidade no universo científico –, apenas um terço dos alunos de pós-graduação está conseguindo trabalhar de maneira remota. Entre as mulheres, existe uma distinção ainda maior entre as mães, das quais apenas 10% estão conseguindo realizar suas pesquisas. Entre os pós-doutorandos, o cenário parece ainda mais grave: apenas 5% das mães conseguem manter sua produtividade durante a quarentena. O desafio se estende também as responsáveis por pais/idosos, comprovando um obstáculo maior de produção científica no período.

Por conta disso, a organização do prêmio “Para Mulheres na Ciência” decidiu prorrogar o prazo de inscrições do programa. “Garantindo que mesmo as cientistas mais afetadas pelo contexto atual também tenham chance de mostrarem a importância de seus trabalhos e concorrerem ao prêmio”, argumentam em suas redes sociais.

Saiba como se inscrever no Programa

Todo ano, o Programa Para Mulheres na Ciência seleciona sete jovens pesquisadoras das áreas de Ciências da Vida, Ciências Físicas, Ciências Químicas e Ciências Matemáticas. Essas cientistas são contempladas com uma bolsa-auxílio de R$ 50 mil cada, para contribuírem cada vez mais com o desenvolvimento da ciência no país e darem prosseguimento aos seus estudos. Vale lembrar que, ao longo de 15 anos, o prêmio  já reconheceu e incentivou 96 cientistas  brasileiras com a distribuição mais de R$ 4,2 milhões em bolsas-auxílio!

Para participar, é necessário que a candidata tenha  concluído o doutorado a partir de 01/01/2013, tenha residência estável no Brasil, desenvolva projetos de pesquisa em instituições nacionais, entre outros requisitos (o regulamento completo está disponível aqui).

Para se inscrever e acessar mais detalhes sobre o concurso, clique aqui.

Por assessoria

Arquivos

Categorias

Meta