Projeto desenvolvido na UTFPR de Santa Helena ganha o prêmio Sesi ODS 2020

Pesquisadores do campus da Uiversidade Tecnológica Federal do Paraná, campus Santa Helena, criaram uma plataforma de data science e inteligência artificial que apresenta um panorama completo da pandemia no Estado.

O Laboratório de Aprendizado de Máquina e Imagens Aplicados à Indústria (Lamia) foi fundado no início do ano de 2019 pelo professor doutor Thiago França Naves com um grupo de alunos do curso de Ciência da Computação da Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR). Em junho do mesmo ano a professora doutora Arlete Terezinha Beuren e o professor mestre Anderson Brilhador se juntaram formando o time de orientadores do laboratório. Além disso, são 13 alunos que trabalham no setor.

As abordagens propostas utilizam ciência de dados e visão computacional na criação de aplicações voltadas para as cadeias produtivas do oeste do Paraná e do restante do Brasil em inteligência artificial.

Plataforma Covid-19

Com o objetivo de monitorar os avanços do novo coronavírus (Covid-19) no Paraná, pesquisadores da UTFPR do Câmpus Santa Helena criaram uma plataforma de data science e inteligência artificial que apresenta um panorama completo da pandemia no Estado. O painel Paraná Covid-19 tem, entre os seus diferenciais, a disponibilização de dados inéditos e personalizados por localidade de análise. A plataforma foi desenvolvida a partir de técnicas das áreas de ciência dos dados e inteligência artificial e permite, por exemplo, visualizações que mostram o impacto e estimam a previsão dos dados para as próximas semanas.

Prêmio Sesi ODS

O Lamia recebeu, o prêmio Sesi ODS, entregue anualmente a empresas e instituições com projetos de alto impacto dentro da sociedade e focados nas temáticas de desenvolvimento sustentáveis globais, com a plataforma de monitoramento de dados inteligente da Covid-19, que está no ar desde abril. Os dados da pandemia focam o Estado do Paraná, mas também com análises do Brasil e do restante do mundo.

São monitoradas mais de 40 variáveis com predições de números futuros para infectados, óbitos e quantidade de leitos ocupados por macrorregiões, “informações valiosas para auxiliar na tomada de decisão e combate mais assertivo da pandemia”, segundo Thiago Naves.

Dentre os parceiros do projeto estão o Sistema Regional de Inovação (SRI) e a Associação das Empresas de Tecnologia da Informação e Comunicação do Oeste do Paraná (Iguassu-IT). A plataforma pode ser acessada no link https://bit.ly/covid19PR, e pelo site do Lamia no endereço www.lamia.sh.utfpr.edu.br .

Assessoria

Arquivos

Categorias

Meta