Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on email
Email
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on print
Print

Quino completa 88 anos!

O criador de Mafalda faz aniversário neste 17 de julho. Para celebrar a data, estréia na Argentina, online e com exibição gratuita, um documentário sobre sua vida e sua obra.

.

 

O ilustrador argentino Joaquín Salvador Lavado, conhecido mundialmente como Quino e criador da Mafalda, a célebre personagem das tirinhas que emprestaram inteligência ao humor nas décadas derradeiras do século XX, comemora 88 anos neste 17 de julho de 2020.

Em meio à pandemia, o governo da província argentina de Mendoza, terra natal e onde vive atualmente o artista,
lançou uma iniciativa digital chamada “Quinopedia”, que recordará a infância de Quino, seus caminhos como quadrinista, sua visão da cultura e do humor, com depoimentos e testemunhos de familiares, editores e artistas contemporâneos. A estreia está marcada para as 21 horas (horário argentino), pelo Youtube.

 

“Quinopedia”, dirigido por Mariano Donoso, faz parte de uma série de documentários sobre mestres nascidos em território mendocino.  No capítulo dedicado a Quino, o comunicador argentino José Bahamonde (em quarentena) decide entrar no “Mundo Quino”. Sozinho, começa a desenhar o layout de uma página web reunindo fatos curiosos, experiências, entrevistas e reflexões, numa forma de agradecimento ao desenhista-pensador que marcou sua própria infância. Durante dias e noites o condutor-investigador do programa percorrerá o “mapa” de Quino.

Também se organizou uma convocatória para os fãs mandassem fotos, mensagens, desenhos e recordações para um “Abraço virtual” pelo aniversário.

Para acessar ao documentário, clique na imagem abaixo.

.

 

Trajetória

Quino nasceu em 17 de julho de 1932 em Mendoza, Argentina. Em 1945, com apenas 18 anos de idade, já trabalhava na revista “Esto Es”, onde publicou sua primeira página de humor gráfico.

Em 1963, nasce Mafalda. Seu objetivo inicial foi publicitário, para um lançamento de uma marca de eletrodomésticos chamada Mansfield. A campanha acabou não sendo realizada e Quino ficou com a propriedade autoral da tira e da personagem. Acabou publicando em 29 de setembro de 1964 no semanário “Primeira Plana”. Nesse mesmo ano o ilustrador publica seu primeiro livro de humor gráfico “Mundo Quino”, com prólogo do escritor, desenhista e humorista Miguel Brascó.

De lá para cá, várias historietas e livros Quino foram editados e transformados em filmes de animação como “Mafalda” e “Quinoscópio 1, 2 e 3. Sempre sensibilizado pelas questões sociais e políticas de sua época, Quino usou do humor para questionar sistemas e propor a utopia.

Clique, aqui, para ver mais do Mundo Quino

O artista argentino recebeu homenagens de todos os tipos. Desde as figuras da turma da Mafalda em Buenos Aires e em Mendoza, até inúmeros prêmios. Alguns deles: “Perfil à Inteligência dos Argentinos” e o da “Liberdade de Expressão Nacional e Internacional”; o prêmio “Homens pela Igualdade”, “Príncipe de Astúrias de Comunicação e Humanidades”, o “Romics de Oro”, outorgado pelo Festival de Humor e Animação de Roma, Itália e, finalmente, o Prêmio Unicef, pela sua contribuição na defesa dos direitos das crianças.

Os aniversários de Quino sempre são uma boa data para celebramos a obra deste caricaturista que foi influência para novos talentos em toda a América Latina. Alinhado com uma proposta humanista, defensor de justiça e igualdade social, o artista argentino está em corações e mentes daqueles que sonham e lutam por um mundo com direitos e dignidade para todas as pessoas. Recentemente, um de seus desenhos, integrou a campanha argentina pelo distanciamento social durante a pandemia do coronavírus.

Por Guatá / com MSN

Arquivos

Categorias

Meta