Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on email
Email
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on print
Print

Salva vidas!

4 de maio é celebrado como o Dia Internacional do Bombeiro –

Bombeiro de Minas Gerais atuando em Brumadinho, procurando vitimas do crime ambiental de mineradora (Fevereiro 2019).
Os bombeiros mineiros estão em Moçambique auxiliando no desastre provocado pelo clima. (Abril de 2019)
Brumadinho, MG: milhares de ações dos bombeiros no resgate de animais

O Dia Internacional do Bombeiro observa-se anualmente 4 de maio. A data foi estabelecida em 1999, após uma intensa circulação de emails pelo mundo gerada pela trágica morte de cinco bombeiros num incêndio na Austrália, em 1998.

A data já era comemorada em diversos países da Europa, pois também é o dia que os católicos consagram a Santo Floriano, o padroeiro dos bombeiros.

Floriano nasceu no século III e foi um oficial do Exército Romano. Ele foi o responsável por criar um pequeno grupo para apagar os incêndios da região, chamado Combatentes do Fogo. Por isso ele é conhecido como o patrono dos bombeiros e das pessoas envolvidas em incêndios.

Amplitude – Quando pensamos em bombeiros, logo nos vem a ideia de que a profissão está relacionada apenas ao combate de incêndios, porém ela vai além disto. Estes profissionais também são responsáveis por operações de busca e salvamento, prestar socorro em desabamentos e catástrofes, resgates em acidentes e atropelamentos, funções de salva-vidas nas praias, rios e mares. Haja vista os acontecimentos recentes no Brasil (soterramentos em grandes cidades e o crime ecológico das mineradoras no Sudeste) e em Moçambique (ciclones e enchentes).

Datas brasileiras – Tradicionalmente no Brasil, o dia nacional do Bombeiro está associado a data de leis como 12 de janeiro em alusão a lei 11901 que regulamenta a profissão de Bombeiro Civil e o dia 2 de julho alusivo ao Corpo de Bombeiros provissório da corte de Don Pedro II.

O “IFFD Internacional Firefighters’ Day, May 4th”, ganhou mais visão no Brasil no ano de 2013, recebendo adesão do CNBC – Conselho Nacional de Bombeiros Civis – Brasil, que se dispôs oficialmente junto a entidade internacional para promover o IFFD no Brasil e também para auxiliar nos países de língua portuguesa.

Os primeiros registros dos serviços do Corpo de Bombeiro no Brasil surgiram no ano de 1856, quando o imperador D. Pedro II assinou um decreto que caracterizava a diminuição dos incêndios.

Hoje, a corporação de Bombeiros faz parte da Polícia Militar, organizada sob a direção dos governos de cada estado da Federação brasileira.

_______________________
Fonte: CNBC e Eco

Arquivos

Categorias

Meta