Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on email
Email
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on print
Print

Tabuleiro da Uel

Projeto desenvolve raciocínio lógico com uso de jogos de tabuleiros

O professor Gustavo Iachel, do Departamento de Física da UEL, coordenador do projeto de extensão com jogos de tabuleiros modernos (Foto: AUEL)

Já imaginou desenvolver o seu raciocínio lógico e suas relações interpessoais jogando tabuleiros modernos? É o que propõe o Projeto de Extensão “O uso de jogos de tabuleiros modernos (board games) no desenvolvimento cognitivo e das relações interpessoais de futuros professores e de estudantes do ensino médio”, iniciado em 2018.

Coordenado pelo professor Gustavo Iachel, do Departamento de Física, do Centro de Ciências Exatas (CCE), o projeto tem os jogos de tabuleiros, entre eles Dixit, Village, Champions Of Midgard, como aliados para o desenvolvimento do raciocínio lógico. De acordo com o professor, o projeto é aberto à participação das comunidades interna e externa da Universidade, visando a interação entre os futuros profissionais, em especial professores, com a comunidade externa, representada por estudantes do Ensino Médio. Os encontros são quinzenais, realizados no Departamento de Física, das 14 às 17h30, em um dia específico da semana a ser combinado pelo grupo.

O professor afirma que o projeto nasceu de um interesse pessoal em pesquisar o que os jogos podem trazer de benefícios para a formação universitária. “Estamos dentro de um contexto universitário, onde a pressão é constante, principalmente em cursos ditos mais difíceis. Dentro do CCE, percebo que há alunos que realmente carregam dificuldades em se formar, por conta, também, de fatores psicológicos”, acrescenta.

Por outro lado, o projeto é um espaço de “saneamento mental”, em que o participante pode ter um momento de ócio intelectual. O objetivo é justamente promover o afastamento durante alguns instantes das atividades cotidianas, entre eles a rotina de estudos. Como colaboradores, participam do projeto os alunos do curso de Matemática, Hugo Yabe Martinez e Leonardo Aleixo Ferreira. Futuramente, outros três alunos de Física vão participar.

Conforme explica o professor, a partir do uso de jogos de tabuleiros modernos, os participantes podem desenvolver diferentes habilidades cognitivas, além do raciocínio lógico e matemático, inteligências social e emocional, em função dos momentos de cooperação e disputa. Eles afetam diretamente as relações interpessoais, além do desenvolvimento cultural, pelo aprofundamento temático em história, geografia, física, matemática, entre outras.

Segundo o coordenador, os estudantes se interessam bastante por jogos de cartas, como o truco. Os jogos modernos vêm para agregar novas mecânicas nos jogos e novas formas de competir. “Esse nicho de jogos de tabuleiro no país é pequeno, mas está crescendo bastante. O projeto, que ainda está em fase inicial, tem muito para crescer”, afirma Iachel.

Canal – Gustavo Iachel, juntamente com dois professores do Departamento de Comunicação, Daniel de Oliveira Figueiredo e Rodolfo Londero, e demais parceiros, tem o canal “Board Games BR”, na internet. O grupo faz reviews e listas de jogos em vídeos com cerca de 30 minutos de duração. O Canal é direcionado às pessoas que desejam conhecer um pouco mais sobre esse universo dos jogos.

Acesse o canal do grupo no endereço Board Games BR . O professor também indica aos interessados conhecer o projeto da Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR) em Londrina. Mais detalhes no endereço Jogos.

__________________________
Agência UEL

Arquivos

Categorias

Meta