João Cabral de Melo Neto

Tecendo a manhã

Um poema de João Cabral de Melo Neto 1 Um galo sozinho não tece uma manhã: ele precisará sempre de

Leia mais »

O Relógio

  –  Um poema de João Cabral de Melo Neto  – Ao redor da vida do homem há certas caixas

Leia mais »

Arquivos

Categorias

Meta