Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on email
Email
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on print
Print

Unesco reconhece o tereré como Patrimônio Cultural da Humanidade

A tradicional bebida fria à base de erva-mate e de outras ervas medicinais, usada em especial no Paraguai, foi reconhecida nesta quinta-feira (17) como um patrimônio cultural imaterial da humanidade pela Unesco.

O tereré é uma marca da cultura paraguaia, agora reconhecida oficialmente em todo mundo. (Foto: arquivo Ultima Hora)

 

O tradicional tereré é uma bebida à base de uma infusão fria de erva-mate e plantas medicinais, identidade paraguaia cujo uso já se estendeu para muitos países – já era reconhecida por lei como Patrimônio Cultural e Bebida Nacional do Paraguai , a qual estabelece a celebração do Dia Nacional do Tereré no último sábado do mês de fevereiro.

Pois bem. A isto se soma agora o importante reconhecimento aprovado esa UNESCO, que posiciona o tereré como Patrimônio Cultural Imaterial da Humanidade.

Já faz alguns anos que o Paraguai buscava que sua bebida mais emblemática fosse reconhecida como Patrimônio Imaterial da Humanidade e, por isso, apresentou ao organismo internacional sua candidatura sob a identificação de “Práticas tradicionais e saberes do tereré na cultura da pohã ñana, uma bebida guarani ancestral no Paraguai “.

Tereré: Sorvendo cultura. Leia aqui como foi a trajetória pelo reconhecimento da Unesco

O Ministro da Secretaria Nacional da Cultura, Rubén Capdevila, agradeceu ao Comitê da Unesco e expressou seu orgulho em obter o reconhecimento mundial por uma prática nacional que cruzou gerações e até fronteiras com compatriotas que migraram para diversos países.

“Esta bebida ancestral foi passada de geração em geração desde o século 16 até os dias atuais. O Paraguai agradece ao Comitê por sua resposta positiva e se compromete a tomar medidas para salvaguardar as tradições culturais do país ”, disse ele em um breve discurso durante o evento de reconhecimento.

Quando um saber ou uma prática é considerada um patrimônio imaterial 

Segundo a Unesco, um patrimônio imaterial ou imaterial tem a ver com tradições ou expressões vivas herdadas de nossos ancestrais e transmitidas aos nossos descendentes, como tradições orais, artes cênicas, usos sociais, rituais, eventos festivos, conhecimentos e práticas relacionadas à natureza. e o universo, e conhecimentos e técnicas ligados ao artesanato tradicional.

As características são tradicionais, contemporâneas e vivas ao mesmo tempo; integrador; representante; baseado na comunidade.

Com Ultima Hora 

 

Arquivos

Categorias

Meta