Unila resiste!

  –  Comunidade acadêmica decidiu em assembléia por uma Semana de Mobilização em Defesa da Unila  –


A ASSEMBLEIA GERAL COMUNITÁRIA reuniu estudantes, docentes e técnicos da UNILA na tarde da última sexta-feira (11) e deliberou por unanimidade ser contra à Emenda Aditiva apresentada no Congresso Nacional. A medida legislativa prevê a extinção da UNILA e o desmembramento do setor Toledo e Palotina da UFPR. A assembleia contou com a presença também de representantes docentes, técnicos e estudantes do Setor de Palotina e Toledo da UFPR.
Foram deliberadas ações de mobilização, respaldando a paralisação docente e discente, além da viagem de uma “Comitiva à Brasília, reunindo representantes das cidades envolvidas e mais lideranças estaduais. A comitiva partiu no domingo, (13) para participar de Audiência Pública no Senado Federal no dia 15, quarta-feira.
Na quinta-feira (17) acontecerá marcha, ato e audiência pública em Foz do Iguaçu juntamente com movimentos sociais, sindicais e estudantis da cidade e região. Também, foi formado uma comissão de mobilização entre as três categorias para organizar as atividades de mobilização da próxima semana.
Também está programado um Festival de Cultura Latino-Americana para o dia 17.
 
Além disso, o diplomata Celso Amorim, que já foi ministro da Defesa e das Relações Exteriores, virá à Universidade na semana que vem, para proferir uma Conferência em Defesa da UNILA. A atividade está marcada para a próxima segunda-feira (21), às 19h, no auditório do Jardim Universitário.
Outras propostas de atividades de mobilização podem ser encaminhadas pelo e-mail: mobilizacao.unila.2017@gmail.com
___________________________
Assessoria

Arquivos

Categorias

Meta